v. 8, n. 16 (2014)

Platão e as formas

DOI: https://doi.org/10.47661/afcl.v8i16

Entre 5 e 8 de maio de 2014, o Laboratório Ousía promoveu o seminário Platão: o diálogo e as formas, contando com a presença de professores brasileiros especialistas no pensamento platônico e do renomado platonista italiano Franco Trabattoni, da Università degli Studi di Milano. O objetivo principal do seminário foi apresentar para os alunos da UFRJ e para o público interessado em geral as pesquisas correntes desses professores, enfocando tanto questões relativas ao conteúdo do pensamento platônico, com ênfase em sua questão central, o problema das formas, quanto aspectos do diálogo como método de pensamento, uma vez que esse figura como veículo privilegiado da filosofia de Platão.

O presente número da AFC traz artigos de alguns dos participantes desse seminário.  Em “A brincadeira de Eutidemo e Dionisodoro no Eutidemo de Platão”, Paula Lopes (UNIRIO) busca problematizar, através da distinção “falar a sério” e “brincar” presente no diálogo, a relação entre formas do discurso e teoria das formas presente no Eutidemo. Izabela Aquino (UERJ), em “Entre o Parmênides e o Sofista de Platão: há ideia de cabelo? Há ideia da lama?”, pretende apontar, em passagens do Parmênides e do Sofista, para uma saída possível da aporia lançada por Parmênides quanto à teoria das formas no diálogo homônimo. Em “Eros e Thanatos”, Susana de Castro defende a não unidade do pensamento platônico, tomando como objeto de investigação uma comparação dos diálogos Fédon e Fedro no tocante a seus posicionamentos acerca da alma, do amor e da morte. Luísa Buarque (PUC-Rio), em “A parte e o todo: atomismo e linguagem no Sofista”, investiga a crítica ao atomismo passível de ser encontrada nas reflexões sobre a linguagem apresentadas nesse diálogo. “Platão e Heráclito em três diálogos”, de Ana Flaksman (UNIRIO) examina a presença e importância do pensamento heraclítico e de seus desdobramentos no Banquete, no Teeteto e no Sofista. Por fim, mas não menos importante, “Alle origini del ‘platonismo': che cos'è, propriamente, la teoria delle idee?” é a transcrição de uma das aulas ministradas por Franco Trabattoni (UNIMI) no minicurso que o professor ministrou, homônimo ao seminário: nessa aula, Trabattoni discute vários dos problemas que decorrem da via propositiva platônica, isto é, de sua colocação e defesa de uma teoria das formas.

Recebemos, finalmente, para a seção de traduções, mais seis diatribes de Epicteto, traduzidas por Aldo Dinucci.

Carla Francalanci, editora convidada.

Sumário

Artigos

Paula Fernandes Lopes
PDF
1-11
Ana Flaksman
PDF
12-36
Susana de Castro
PDF
37-48
Luisa Severo Buarque de Holanda
PDF
49-61
Izabela Aquino Bocayuva
PDF
62-72

Instrumentos

Franco Trabattoni
73-100

Traduções

Aldo Lopes Dinucci
101-118