Self-interpreting animals: uma inquirição pragmático-expressivista sobre as Investigações Filosóficas de Wittgenstein

Osvaldino Marra Rodrigues

Resumo


Resumo:

Este artigo tem como pressuposto a tese que as Investigações Filosóficas de Ludwig Wittgenstein constituem o primeiro ensaio na filosofia analítica da linguagem particularmente representativo de uma visão pragmático-expressivista, no sentido estrito. Este pressuposto está fundamentado nas leituras sobre as obras de Richard Rorty e Charles Taylor.


Palavras-chave: Wittgenstein. expressivismo. pragmatismo. analítica da linguagem. holismo contextual. conhecimento.


Abstract:

This article has as suppose the thesis that the Philosophical Investigations of Ludwig Wittgenstein constitute the first essay in the analytical philosophy of language particularly representative of a pragmatic-expressivist vision, in the strict sense. These suppose is based on the readings on the works of Richard Rorty and Charles Taylor.


Keywords: Wittgenstein. expressivism. pragmatism. analytic of language. contextual holism. knowledge.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.