HISTÓRIA E MODERNIDADE EM HANS ULRICH GUMBRECHT

Marcelo de Mello Rangel, Thamara de Oliveira Rodrigues

Resumo


RESUMO: Neste artigo, nosso objetivo é o de reconstituir a descrição que Gumbrecht faz da modernidade a fim de compreender parte significativa de suas reflexões sobre a História. Nossa análise será realizada, em especial, a partir do texto -- “Cascatas de modernidade”, introdução ao seu livro “Modernização dos Sentidos”. Explicitaremos as seguintes ideias sobre o trabalho do autor: 1- há uma descontinuidade entre homem (consciência) e real; 2- o real também se mobiliza de maneira a desestabilizar os significados e sentidos que constituem determinado mundo e 3- a história (investigação do passado) também se torna fundamental no que concerne à possibilidade de evidenciação do que o real (ou a história) é, e isto através da descrição dos comportamentos teóricos e práticos dos homens no passado, de suas compreensões e estratégias.
Palavras-chave: Gumbrecht, teoria da história, filosofia da história
ABSTRACT:In this article, our objective is to reconstruct the description that Gumbrecht makes of modernity, in order to understand significant part of his reflections on history. Our analysis will be performed, in particular, from the text -- “Cascatas de modernidade”, the introduction to his book "Modernização dos Sentidos." We will explain the following ideas about the work of the author: 1 - there is a discontinuity among man (conscience) and real; 2 - the real also mobilized in order to destabilize the meanings and senses that are given world, and 3 - the history (research of the past ) also becomes important with regard to the possibility of disclosure of the real (or history) is, and this behavior by describing the theoretical and practical men in the past, their insights and strategies.
Keywords: Gumbrecht, theory of history, philosophy of history.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.