Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A revista Calíope - Presença Clássica é um periódico dedicado à publicação de trabalhos inéditos desenvolvidos na área de Estudos Clássicos e tem como público-alvo estudantes, professores, pesquisadores da área, além do público interessado na área em geral.

Podem publicar pesquisadores desde que o autor principal do artigo tenha título de doutor e desde que o artigo ou a tradução estejam em relação com um ou mais das seguintes áreas: antiguidade em geral, línguas antigas, grego, latim, literatura grega, literatura latina, História Antiga, Arqueologia, Arte Antiga, Filosofia Antiga, Teologia Antiga, estudos de recepção da antiguidade greco-romana na Época Bizantina, na Idade Média, no Renascimento, na Época Moderna e Contemporânea.

É um periódico semestral online, com avaliação cega de pares, mantido pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e vinculado ao PPGLC - Programa de Pós-Graduação em Letras Clássicas da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

O Programa de Pós-graduação em Letras Clássicas da Faculdade de Letras da UFRJ, criado em 1971, tem como objetivo geral formar mestres e doutores em língua e literatura grega e latina como também em estudos interdisciplinares que integram outras áreas de estudos da antiguidade, sobretudo História Antiga e Filosofia Antiga, aptos a atuarem como professores e pesquisadores nos mais variados âmbitos de conhecimento da área de humanas do cenário nacional e internacional. Para isso, o Programa oferece aos seus pós-graduandos um aparato teórico-crítico e metodológico que permite a investigação científica das obras literárias do mundo grego e romano em seus mais variados contextos, ato esse que estabelece relações entre passado e presente, ao dotar os discentes de ferramentas de análise literária atuais para a investigação de um passado essencial para o conhecimento da cultura ocidental. Ao capacitar dessa maneira o discente, o Programa espera a realização de um senso crítico formador de um diálogo teórico entre Antiguidade e presente, cujo resultado seria a afirmação dos estudos clássicos Greco-romanos em solo brasileiro, com a consequente criação de substancial produção intelectual de base acadêmica voltada para a área.

Criada em 1984, a revista Calíope tem como missão oferecer aos interessados amplo mapeamento das pesquisas desenvolvidas na área de Estudos Clássicos, a partir da produção bibliográfica que delas se origina, de modo que os leitores podem acompanhar as pesquisas empreendidas por estudiosos que se dedicam a uma área de conhecimento que prospera largamente no Brasil.

Além da publicação de artigos inéditos, a Calíope também publica traduções de textos clássicos.

Os idiomas aceitos para publicação são: português, inglês, espanhol, italiano, francês e alemão.

Não há cobrança de taxas para submissão, avaliação ou publicação de artigos.

 

Políticas de Seção

Artigos

Política padrão de seção

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Traduções

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenhas

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Os originais de artigos, traduções e resenhas submetidos à revista são encaminhados aos editores-chefe para uma análise preliminar, que avaliará possíveis problemas de autoria (como plágio, republicação etc.), assim como a sua pertinência à temática da revista. 

A revista Calíope adota a política de avaliação cega pelos pares (double blind peer review). Sendo assim, após essa avaliação preliminar, a submissão será enviada incógnita à apreciação de dois pareceristas integrantes do Conselho Editorial ou consultores “ad hoc” de instituições diferentes entre si e em relação à do autor da submissão. Os pareceristas da Codex são todos professores doutores do quadro permanente de instituições de ensino e pesquisa, do Brasil e do exterior, nas áreas relacionadas aos Estudos Clássicos. O nome dos avaliadores não é, em hipótese alguma, divulgado aos autores cujos trabalhos estão sob avaliação.

Caso haja discordância quanto aos pareceres, a submissão será enviada a um terceiro parecerista. Caso haja novo parecer positivo, a submissão será aceita; caso haja um novo parecer negativo, não será aceita.

Os originais poderão ser: - Aceitos na íntegra, sem restrições; - Aceitos na íntegra, com algumas alterações; ou, - Rejeitados. Quando houver a necessidade de alterações referentes apenas a aspectos gramaticais, ortográficos e de ordem normativa, com vistas a manter a homogeneidade da publicação, a Equipe Editorial se dá o direito de fazer as modificações necessárias, respeitando o estilo do autor. Nos demais casos, o autor reformulará o texto conforme o que for solicitado pela Equipe.

Todo autor de submissão receberá por e-mail os pareceres emitidos pelos avaliadores, seja em caso de aprovação para publicação, seja em caso de não aprovação. O nome dos avaliadores não é, em hipótese alguma, divulgado aos autores cujos trabalhos estão sob avaliação.

Para a avaliação dos manuscritos serão observados os seguintes critérios: 1) relevância e abrangência do tema; 2) caráter inovador, desenvolvimento e aprofundamento do tema; 3) estrutura teórica e metodológica do trabalho; 4) conclusão e contribuição para a área.

A Calíope - Presença Clássica não se responsabiliza ou endossa as opiniões emitidas pelos autores dos textos nela publicados, salientando que as opiniões são de sua exclusiva responsabilidade.

O prazo médio entre a submissão do trabalho e a emissão do parecer é de 7 semanas e o prazo médio entre a submissão do trabalho e sua publicacão é de 5 meses.

Não há cobrança de taxas para submissão, avaliação ou publicação de artigos.

 

Periodicidade

Publicação semestral:

O primeiro número de cada volume, referente aos meses de janeiro a julho, é publicado até a data limite de 31 de julho.

O segundo número de cada volume, referente aos meses de agosto a dezembro, é publicado até a data limite de 31 de dezembro.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

 

Indexadores

Indexadores e bases de dados

Indexação em base de dados:

Crossref

Dialnet

EZB

Sumários

 
Indexação em Portais e Diretórios de Periódicos:

Journal Tocs

Periódicos Capes

PKP

Registrado em catálogos e sites:

 

Código de Conduta e Boas Práticas

A Calíope - Presença Clássica segue as diretrizes do Código de Conduta e Boas Práticas do COPE (Committee on Publication Ethics) e as submissões devem atender essas diretrizes: para conhecimento do código consulte o texto original em inglês ou sua tradução para o português.

 

Detecção de Plágio

A Calíope - Presença Clássica utiliza as seguintes ferramentas para identificação de plágio:

http://www.copiaecola.com.br/copiaecola/

http://plagiarisma.net/pt/

http://www.duplichecker.com/

http://www.plagiarismchecker.com/help-teachers.php

http://plagiarismdetector.net/

 

Direitos de autoria (copyright), licenças e gratuidade

Os artigos publicados pela revista Calíope poderão ser lidos, descarregados, copiados, distribuídos, impressos, pesquisados, referenciados ou utilizados para qualquer propósito legal e não comercial. Os autores detêm o controle sobre a integridade do seu trabalho e o direito a ser reconhecidos e citados.

Não há cobrança de taxas para submissão, avaliação ou publicação de artigos. O acesso aos artigos também é gratúito e livre.