Políticas Editoriais

Foco e Escopo

DESIDADES é uma revista científica eletrônica na área da infância e juventude latino-americanas, com periodicidade quadrimestral. Publica textos em português ou espanhol. É uma publicação do Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa para a Infância e Adolescência Contemporâneas, NIPIAC, da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Está comprometida em divulgar a pesquisa científica para além dos muros da Universidade estabelecendo um diálogo com pesquisadores, profissionais, estudantes e demais interessados na área da infância e juventude. A Revista publica originais inéditos de artigos, entrevistas e resenhas desde uma abordagem multidisciplinar da infância e juventude.

A revista tem por objetivo constituir-se como um meio eletrônico de discussão científica e diálogo acadêmico sobre as crianças e os jovens no contexto do subcontinente latino-americano. Pretende promover um espaço de debates e difusão de reflexões sobre os desafios e as questões de viver a infância e a juventude no momento contemporâneo destas sociedades.

O título desta revista – DESIDADES – foi cunhado para significar a perspectiva teórica, ética e política que sustenta sua práxis editorial. Assume-se que as idades, como critérios fixos que naturalizam comportamentos, habilidades e modos de existência de acordo com uma temporalização biográfica linear, precisam ser problematizadas de modo a permitir novas abordagens e conceitos sobre as relações entre os grupos geracionais.

 

Políticas de Seção

EDITORIAL

Editores
  • Felipe Grisolia
Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

SEÇÃO TEMÁTICA

Editores
  • Felipe Grisolia
  • Renata Monteiro
  • Renata Monteiro
  • Sabrina Savegnago
Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

TEMAS EM DESTAQUE

Esta seção publica artigos que devem abordar criticamente algum tema ou problema relativo à infância e/ou juventude no contexto latino-americano. Os artigos são voltados a um público não especialista e, neste sentido, serão privilegiadas a clareza e a simplicidade da escrita.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

ESPAÇO ABERTO

Esta seção destina-se à publicação de entrevistas, escritas ou em vídeo, que versem sobre tema atual e/ou controverso na área da infância e juventude. As entrevistas devem ter o objetivo de expor a opinião do entrevistado, como também de explorar, junto com ele, a complexidade do debate sobre a questão.
Elas visam, sobretudo, obter pronunciamentos que estejam propensos a analisar aspectos favoráveis e desfavoráveis do tema abordado.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

RESENHAS

Esta secção destina-se à publicação de avaliações críticas de publicações recentes na área da infância e juventude que tenham registro no sistema ISBN.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

INFORMAÇÕES BIBLIOGRÁFICAS

Esta seção apresenta o levantamento bibliográfico trimestral dos livros publicados na área de ciências humanas e sociais dos países da América Latina sobre infância e juventude.

Editores
  • Felipe Grisolia
Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Desidades é uma revista eletrônica de divulgação científica que publica artigos originais, entrevistas e resenhas que se destinem a discutir criticamente, para um público amplo, aspectos da infância e da juventude frente a seu processo de emancipação. 

Os artigos, entrevistas ou resenhas serão submetidos, em português ou espanhol, ao Conselho Editorial ao qual cabe a responsabilidade do processo editorial dos manuscritos. 

É uma condição para publicação do manuscrito submetido à DESIDADES que o mesmo não tenha sido publicado e, ou, não seja simultaneamente submetido a outro veículo de divulgação.
O processo de avaliação de manuscritos é feito de acordo com as etapas seguintes:

1ª etapa de avaliação

Após a submissão, os manuscritos são avaliados quanto à adequação às normas aqui especificadas (Normas para Publicação). Nessa etapa, conduzida pela Equipe Editorial, são conferidos todos os itens explicitados para a preparação do manuscrito, bem como o preenchimento completo dos metadados da submissão. Quando houver equívocos, os autores serão notificados e a submissão será arquivada.
Ainda nessa etapa, as Editoras  realizam a avaliação de relevância do manuscrito para o campo da infância e juventude, adequação ao escopo da revista e qualidade geral do texto.

2ª etapa de avaliação

Os manuscritos aprovados na etapa anterior são acompanhados pela equipe de editoras da DESIDADES que se responsabiliza pela designação de avaliadores ad-hoc. As submissões são encaminhadas para avaliação por pares preservando-se a identidade dos autores/as e consultores/as (double blind review). Em casos de controvérsia entre os pareceres dos dois avaliadores, um terceiro será consultado. A Equipe Editorial se reserva o direito de propor modificações que venham a contribuir com a clareza do texto e/ou com a agilidade do processo editorial.
Os pareceres emitidos pelos/as consultores/as contêm justificativas de modo a encaminhar,
i) a aprovação para publicação sem alterações,
ii) a aprovação para publicação com recomendações de alterações,
iii) a recomendação de re-submissão e
iv) a não recomendação de publicação.
Às editoras, após a apreciação das versões reformuladas, cabem as decisões finais sobre os manuscritos, inclusive quanto à necessidade de novas reformulações. Os/as autores/as serão informados/as de todas as etapas.
Os/as autores/as não são submetidos/as à cobrança de taxa de submissão de artigos ou de avaliação dos mesmos (APC).

Orientações para avaliadores/as e autores/as

Avaliadores/as

A avaliação se baseia no mérito do trabalho, não influenciada, positiva ou negativamente, por motivos pessoais, financeiros ou preconceitos.
As submissões e os detalhes das revisões são mantidos sob confidencialidade. Quando há potencial conflito de interesse, o/a avaliador/a deve informar aos editores, caso em que se buscará outro/a consultor/a. A avaliação deve estar atenta a possíveis irregularidades, tais como: identificação de plágio; fabricação e/ou falsificação dos resultados; publicação redundante.

Autores/as

A indicação de autoria em um artigo científico se remete às seguintes condições:
1. A de contribuir intelectual, direta e substancialmente na concepção do processo de pesquisa (desenvolvimento da questão de pesquisa, obtenção, análise ou interpretação dos dados apresentados);
2. A de participar ativamente na construção das versões anteriores do artigo;
3. A de responsabilizar-se pela autoria.
O(s) autor(es) deve(m) declarar a  existência de conflito de interesses quando for o caso, utilizando o campo apropriado disponível no sistema durante o processo de  submissão.

 

Periodicidade

De 2013 a 2019 a periodicidade da revista foi trimestral. A partir de 2020 a periodicidade passa a ser quadrimestral.

 

Política de Acesso Livre

DESIDADES oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo segundo o princípio de disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público e democratizar seu acesso.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

 

Indexadores

ADOLEC BRASIL (BVS)
CAPES PERIÓDICOS
DIADORIM Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT)
DIALNET
DOAJ Directory of Open Access Journals
EDUBASE
CLASE Citas latino-americanas en Ciencias Sociales y Humanidades
LATINDEX Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal
LIVRE
PEPSIC Periódicos Eletrônicos em Psicologia
REDIB
SHERPA ROMEO
Sumários.org – Sumários de Revistas Brasileiras

 

Conselho Científico Nacional

Alfredo Veiga-Neto – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil

Alexandre Simão de Freitas – Universidade Federal de Pernambuco, Brasil

Ana Cristina Coll Delgado – Universidade do Oeste de Santa Catarina, Brasil

Ana Maria Monteiro – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil

Angela de Alencar Araripe Pinheiro – Universidade Federal do Ceará, Brasil

Angela Maria de Oliveira Almeida – Universidade de Brasília, Brasil

Anna Paula Uziel – Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Brasil

Carmem Lucia Sussel Mariano – Universidade Federal de Mato Grosso, Brasil

Clarice Cassab – Universidade Federal de Juiz de Fora, Brasil

Claudia Mayorga – Universidade Federal de Minas Gerais, Brasil

Cristiana Carneiro – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil

Diana Dadoorian – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil

Dorian Monica Arpini – Universidade Federal de Santa Maria, Brasil

Elisete Tomazetti – Universidade Federal de Santa Maria, Brasil

Fernanda Costa-Moura – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil

Flavia Ferreira Pires – Universidade Federal da Paraíba, Brasil

Gizele de Souza – Universidade Federal do Paraná, Brasil

Heloísa Helena Pimenta Rocha – Universidade Estadual de Campinas, Brasil

Iolete Ribeiro da Silva – Universidade Federal do Amazonas, Brasil

Jader Janer Moreira Lopes – Universidade Federal Fluminense, Brasil

Jaileila de Araújo Menezes – Universidade Federal de Pernambuco, Brasil

Jailson de Souza e Silva – Universidade Federal Fluminense, Brasil

Jane Felipe Beltrão – Universidade Federal do Pará, Brasil

Juarez Dayrell – Universidade Federal de Minas Gerais, Brasil

Juliana Prates Santana – Universidade Federal da Bahia, Brasil

Leandro de Lajonquière – Universidade de São Paulo, Brasil/Université Paris 8 Vincennes Saint-Denis, França.

Leila Maria Amaral Ribeiro – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil

Lila Cristina Xavier Luz – Universidade Federal do Piauí, Brasil

Marcos Cezar de Freitas – Universidade Federal de São Paulo, Brasil

Marcos Ribeiro Mesquita – Universidade Federal de Alagoas, Brasil

Maria Alice Nogueira – Universidade Federal de Minas Gerais, Brasil

Maria Aparecida Morgado – Universidade Federal de Mato Grosso, Brasil

Maria Cristina Soares de Gouvea – Universidade Federal de Minas Gerais, Brasil

Maria Helena Oliva Augusto – Universidade de São Paulo, Brasil

Maria Ignez Costa Moreira –Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Brasil

Maria Letícia Nascimento – Universidade de São Paulo, Brasil

Maria Lucia Pinto Leal – Universidade de Brasília, Brasil

Marlos Alves Bezerra – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Brasil

Marta Rezende Cardoso – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil

Mirela Figueiredo Iriart – Universidade Estadual de Feira de Santana, Brasil

Myriam Moraes Lins de Barros – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil

Nair Teles – Fundação Oswaldo Cruz/Universidade Eduardo Mondlane, Brasil

Patrícia Pereira Cava – Universidade Federal de Pelotas, Brasil

Rita de Cassia Fazzi – Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Brasil

Rita de Cassia Marchi – Universidade Regional de Blumenau, Brasil

Rosa Maria Bueno Fischer – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil

Rosângela Francischini – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Brasil

Silvia Pereira da Cruz Benetti – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Brasil

Solange Jobim e Sousa – Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Brasil

Sonia Margarida Gomes Sousa – Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Brasil

Telma Regina de Paula Souza – Universidade Metodista de Piracicaba, Brasil

Vera Maria Ramos de Vasconcellos – Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Brasil

Veronica Salgueiro do Nascimento – Universidade Federal do Ceará, Brasil

 

Conselho Científico Internacional

Adriana Aristimuño - Universidad Católica del Uruguay, Uruguay

Adriana Molas – Universidad de la República, Montevideo, Uruguay

Andrés Pérez-Acosta – Universidad del Rosario, Bogotá, Colombia

Alfredo Nateras Domínguez – Universidad Autónoma Metropolitana Iztapalapa, UAM-I, México

Ernesto Rodríguez – Centro Latinoamericano sobre Juventud, CELAJU, Montevideo, Uruguay

Graciela Castro – Universidad Nacional de San Luis, Argentina

Guillermo Arias Beaton – Universidad de La Habana, Cuba

Héctor Castillo Berthier – Instituto de Investigaciones Sociales, Universidad Autónoma de México, México

Héctor Fabio Ospina – Universidad de Manizales, Colombia

José Rubén Castillo Garcia – Universidad Autónoma de Manizales, Colombia

Laura Kropff – Universidad Nacional de Rio Negro, Argentina

María Guadalupe Vega López – Universidad de Guadalajara, México

María Raquel Macri – Universidad de Buenos Aires, Argentina

Mariana Chaves – CONICET e Universidad Nacional de La Plata, Argentina

Mariana Garcia Palacios – CONICET e Universidad de Buenos Aires, Argentina

Mario Sandoval – Universidad Católica Silva Henriquez, Chile

Norma Contini – Universidad Nacional de Tucumán, Argentina

Pablo Toro Blanco – Universidad Alberto Hurtado, Chile

René Unda – Universidad Politécnica Salesiana, Ecuador

Rogelio Marcial Vásquez – El Colegio de Jalisco, Universidad de Guadalajara, México

Rosa Maria Camarena – Instituto de Investigaciones Sociales, Universidad Autónoma de México, México

Silvina Brussino – CONICET e Universidad Nacional de Córdoba, Argentina

Valeria Llobet – CONICET e Universidad Nacional de San Martin, Argentina