Os jovens e os velhos: uma atualização de um embate frente a algumas questões nacionais

Carmen Teresa Gabriel, Lucia Rabello de Castro, Juliana Siqueira de Lara

Resumo


O encontro aqui transcrito discute a temática da diferença geracional no tocante às heranças,
dívidas e apostas da sociedade e da educação brasileira em relação às futuras gerações. Partese
de uma relexão sobre a iniquidade geracional, atestada, por exemplo, no genocídio e
encarceramento da juventude negra e pobre no Brasil. bestaca-se que tal realidade se deve,
em grande medida, à transmissão de injustiças históricas, sociais e políticas que marcam o
processo de subjetivação dos jovens brasileiros. A partir desses pressupostos, a mesa debate
sobre a transmissão na educação pública e privada; questiona as responsabilidades de jovens e
velhos na construção do conhecimento e da sociedade; e, entre outras coisas, trata da natureza
do afeto envolvido na transmissão como uma via para repensarmos a atividade educativa, de
modo a promover a construção do comum, entendido a partir de uma coprodução de sentido.
Palavras-chave: relações intergeracionais, transmissão, descolonialidade, educação brasileira.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 DESIDADES - Revista Eletrônica de Divulgação Científica da Infância e Juventude

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

NIPIAC / Instituto de Psicologia - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Av. Pasteur, 250 -- Urca, Rio de Janeiro - RJ, Brasil | CEP 22.290-902
+55 (21) 2295-3208 / +55 (21) 3839-5328