Angústia global e transcrição local: sobre uma casa tech no Complexo do Alemão

João Luis Maia, Rodrigo Rossi Morelato

Resumo


Neste trabalho exploramos como a criatividade popular é capaz de realizar uma transcrição local de questões que permeiam o imaginário contemporâneo tendo como linha condutora as questões ligadas ao meio-ambiente e focando na casa de Dona Josefa, localizada no Morro da Esperança, Complexo do Alemão, na cidade do Rio de Janeiro. Partimos da banalidade do cotidiano evidenciada pela sociologia contemporânea para resgatar parte da história cultural da cidade, sobretudo no que tange a apropriação de suas águas, cujos usos podem ser entendidos enquanto vetores comunicacionais e culturais desenvolvidos por uma comunidade emocional: os verdejantes.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.29146/eco-pos.v20i3.12199

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.