Uma aproximação com uma organização social em rede de jovens universitários LGBT's em Minas Gerais

Tayane Rogeria Lino, Ricardo Dias Castro, Julião Gonçalves Amaral, Rafaela Vasconcelos, Claudia Mayroga

Resumo


O artigo apresenta reflexões desenvolvidas a partir do acompanhamento do processo organizativo da Rede Universitária de Diversidade Sexual de Minas Gerias -- RUDS/MG, que congrega nove grupos de jovens universitários atuantes na promoção do respeito à diversidade sexual em Minas Gerais. O acompanhamento desses coletivos foi pautado por metodologias interventivas e interativas a partir dos princípios teóricos da pesquisa-ação e de um conjunto de referências sobre movimentos sociais no Brasil, militância universitária e uma construção teórica sobre o uso do conceito de “rede” nas ações coletivas e políticas. As análises preliminares apontam para a configuração de uma rede cuja interlocução política ultrapassa a construção de práticas e ações de vigilância das políticas para a promoção da equivalência no que se refere às distintas orientações sexuais e identidades de gênero. Constata-se que a rede pode possibilitar uma nova forma de organização e ampliação da militância LGBT jovem, que conjuga práticas acadêmicas com ação política e pública. Reforçando, portanto, laços de solidariedade e empoderamento frente à discriminação e violência, na tentativa da construção de uma sociedade democrática.

 

This paper presents reflections developed from the monitoring of the organizational process of the Sexual Diversity Network University of Minas Gerais - RUDS / MG. The RUDS / MG brings together nine groups of young university students who work in promoting respect for sexual diversity in the state of Minas Gerais. The monitoring group was guided by intervening and interactive methodologies from theoretical principles of action research. The preliminary analysis point to the configuration of a network which political dialogue exceeds the building of practices and actions of policy surveillance for the promotion of equivalence in relation to the different sexual orientations and gender identities. To approach to this group, our investigation looked for recapturing a set of references about social movements in Brazil, university militancy and a theoretical construction on the use of the concept of "network" in collective and political actions. It appears that the network may enable a new form of organization and expansion of LGBT youth militancy which combines academic practices with political and public action. Reinforcing, then, bonds of solidarity and empowerment against the discrimination and violence, in an attempt to build a democratic society.


Keywords: participation, LGBT, youth, network, sexual diversity.


Palavras-chave


participação, LGBT, juventude, rede, diversidade sexual

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

Enfoques - Revista de discentes do PPGSA/IFCS/UFRJ
Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia
Largo de São Francisco, nº 1 - Sala 420 - Rio de Janeiro - RJ - 20051-070