Danças e gêneros: Etnografia em um grupo de dança com travestis e mulheres trans em São Paulo

Michel de Oliveira Furquim dos Santos

Resumo


Este artigo visa retratar e discutir as possibilidades de existências e performatividades a partir da observação e participação em uma oficina de dança do grupo Transamigas, direcionado para travestis e mulheres trans na cidade de São Paulo. Durante os encontros e as conversas com as participantes, constatou-se uma fala em comum sobre a busca de um corpo de uma “mulher de verdade”, que vai ao encontro do discurso e de tecnologias biomédicas que fornecem um status de legitimidade de certos corpos e experiências. O texto mostra que práticas, tecnologias e políticas devem ser repensadas para considerar a multiplicidade das experiências trans e travestis.


Palavras-chave


transidentidade, performance, gênero, sexualidade, travestis

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

Enfoques - Revista de discentes do PPGSA/IFCS/UFRJ
Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia
Largo de São Francisco, nº 1 - Sala 420 - Rio de Janeiro - RJ - 20051-070