Uma experiência com o gênero história em quadrinhos em aula de língua estrangeira

Autores

  • Carolina Gandra de Carvalho UFRJ
  • Elíria Quaresma Fugazza UFRJ
  • Maria Mercedes Riveiro Quintans Sebold UFRJ

Palavras-chave:

história em quadrinhos, língua estrangeira, letramento

Resumo

O gênero histórias em quadrinhos se caracteriza pelas múltiplas mensagens possíveis com base na interação do visual com o verbal, por conter elementos gráficos que reproduzem a fala e o pensamento e por conjugar a representação dos personagens – bem como suas expressões faciais e corporais – com a ação da narrativa. Essa, por sua vez, progride não somente durante a atuação do personagem, mas também na passagem de um quadrinho a outro, sugerindo um deslocamento no eixo temporal e/ou espacial. Outra especificidade do gênero em questão é a presença da carga ideológica que pode direcionar o leitor a atribuir diversos sentidos ao texto, e que pode proporcionar seu aprimoramento cultural. Para verificarmos como se dá a compreensão deste gênero por parte dos aprendizes de LE aplicamos, em turmas do projeto CLAC (Cursos de Línguas Abertos à Comunidade) do curso de espanhol, uma atividade relacionada a uma história em quadrinhos em que pudemos comparar as leituras realizadas com e sem orientação. Essa tarefa consistiu em apresentar ao grupo as características do gênero, contextualizar a história, identificar os personagens e explorar a relação entre os dois códigos (verbal e não verbal).

Downloads

Publicado

2018-10-16

Edição

Seção

Artigos