A ausência de marcas de concordância verbal em textos escritos por alunos do CLAC: descrição e ensino

Aline Fernandes Menezes, Antônio Anderson Marques de Sousa, Juliano Leandro do Espírito Santo, Mônica Tavares Orsini

Resumo


Tendo em vista a variabilidade dos padrões de concordância verbal (doravante CV) refutada pelo normativismo da tradição gramatical, este trabalho tem como principal objetivo a apresentação de atividades que visam à aprendizagem da regra geral de concordância verbal referente à escrita culta. Com base em trabalhos variacionistas sobre o tema (Graciosa, 1991; Vieira, 2011; Brandão e Vieira, 2012; Vieira e Freire, 2014), desenvolvemos uma análise das sentenças produzidas pelos estudantes que apresentam o cancelamento da marca de CV nos referidos textos. Tal descrição viabiliza a elaboração de exercícios específicos, que possibilitam ao aluno identificar a presença das marcas de concordância em contextos linguísticos diversos, sendo assim instrumento fundamental para o aprimoramento da produção de textos escritos formais.

Palavras-chave


sociolinguística e ensino; concordância verbal; escrita culta

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Línguas & Ensino

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.