ECOLOGIA DE EUDOCIMUS RUBER (PELECANIFORMES, THRESKIORNITHIDAE) NO LITORAL DO ESTADO DO PARANÁ, BRASIL

Daniele Coelho Vigário, Ricardo Krul, Henry Louis Spach

Abstract


O guará, Eudocimus ruber, ocorria em grande número no litoral do Paraná até o século XIX, mas uma drástica redução populacional no século seguinte culminou no desaparecimento regional. Seu retorno ao litoral paulista a partir da década de 1980 vem projetando seu reestabelecimento gradual em direção ao sul do Brasil. Guarás foram estudados num ecossistema de manguezal no Complexo Estuarino de Paranaguá. Dezoito campanhas amostrais foram realizadas de outubro de 2012 a setembro de 2013, em uma região entre as Baía das Laranjeiras e dos Pinheiros, totalizando 1559 contagens. Adultos corresponderam a 91,73 %. O maior grupo avistado foi de 225 indivíduos em janeiro, embora os números tenham se mantido mais consistentes durante os meses menos chuvosos (entre abril e agosto). Este estudo sugere que o guará está recolonizando o litoral do Paraná e que a conservação dos manguezais é importante para sustentar o aumento de sua população.


ECOLOGY OF Eudocimus ruber (PELECANIFORMES, THRESKIORNITHIDAE) IN PARANÁ STATE COAST, BRAZIL: The Scarlet Ibis occurred in large numbers at the coast of Paraná until the nineteenth century, but a drastic decrease in its population ended with regional disappearance. The return of the species to São Paulo coast since the 1980s has been projecting its gradual reestablishment towards the southern Brazil. Here we studied the Scarlet Ibis in a mangrove ecosystem in the Paranaguá Estuarine Complex. Eighteen campaigns were conducted from October 2012 to September 2013, in an area between the bays of Laranjeiras and Pinheiros, totaling 1559 counts. Adult specimens accounted for 91.73 %. The largest group was observed in January and comprised 225 individuals, although groups were more consistently large between April and August (which corresponds to the least rainy season). This study suggests that Scarlet Ibis are recolonizing Paraná and that mangrove ecosystem preservation is extremely important to sustain the increase of Scarlet Ibis population.


Keywords


conservation biology; population ecology; Paranaguá Estuarine Complex; recolonization.

References


Antas, P. T. Z. 1979. Breeding the scarlet ibis Eudocimus ruber at the Rio de Janeiro zoo. International Zoo Yearbook, 19(1), 135–139. DOI: 10.1111/j.1748-1090.1979.tb00546.x.

Barbieri, E. 2009. Sítios de alimentação frequentados pelo guará (Eudocimus ruber) no estuário de Cananéia-Ilha Comprida, São Paulo. Ornitologia Neotropical, 20(1), 73–79.

Bigarella, J. J. 2001. Contribuição ao estudo da planície litorânea do Estado do Paraná. Brazilian Archives of Biology and Technology, Jubilee, 65–110. DOI: 10.1590/S1516-89132001000500005.

Chupil, H., & Monteiro-Filho, E. L. A. 2018. History of the scarlet ibis Eudocimus ruber in south and south-east Brazil. Bulletin of the British Ornithologists’ Club, 138(4), 281–285. DOI: 10.25226/bboc.v138i4.2018.a1.

Crozariol, M. A. 2018. Hans Staden: testemunha ocular da utilização da ornis pelos Tupinambás, século XVI. Atualidades Ornitológicas, 202(1), 33–48.

Fink, D. 2013. Caracterização das colônias de aves aquáticas na Baía da Babitonga e avaliação preliminar da sua contaminação. Master thesis. Departamento de Saúde e Meio Ambiente da Universidade da Região de Joinville. p. 92. Retrieved from http://univille.edu.br/community/mestrado_saude_meio_ambiente/VirtualDisk.html/downloadDirect/526371.

Fink, D., & Cremer, M. J. 2015. The return of the scarlet ibis: first breeding event in southern Brazil after local extinction. Revista Brasileira de Ornitologia, 23(4), 385–391. DOI: 10.1007/BF03544313.

eBird. 2019. eBird: An online database of bird distribution and abundance [web application]. Ithaca, New York. Retrieved on November 14, 2019, from http://www.ebird.org.

Gonçalves, E. C., Ferrari, S. F., Burlamaqui, T. C., Miranda, L., Santos, M. S., Silva, A., & Schneider, M. P. C. 2010. Genetic diversity and differentiation of three brazilian populations of scarlet ibis (Eudocimus ruber). Journal of Ornithology, 151(4), 797–803. DOI: 10.1007/s10336-010-0515-y.

Grose, A. V. 2016. O guará Eudocimus ruber (Aves: Threskiornithidae) no estuário da Baía da Babitonga, litoral norte de Santa Catarina: repovoamento, distribuição e biologia. Doctoral thesis. Departamento de Zoologia da Universidade Federal do Paraná. p. 84. Retrieved from http://hdl.handle.net/1884/45492.

Hass, A. 1996. Biologia comportamental de Eudocimus ruber (Aves, Threskiornithidae) em manguezais da Ilha do Cajual, Maranhão: reprodução e alimentação. Master thesis. Departamento de Ciências Biológicas da Universidade Estadual de Campinas. p. 91. Retrieved from http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/316084.

Hass, A., Matos, R. H. R., & Marcondes-Machado, O. 1999. Ecologia reprodutiva e distribuição espacial da colônia de Eudocimus ruber (Ciconiiformes: Threskiornithidae) na Ilha do Cajual, Maranhão. Ararajuba, 7(1): 41–44.

Krul, R. 2011. Retorno do guará, Eudocimus ruber, ao litoral do Paraná: relevância ecológica e implicações conservacionistas. Relatório Técnico. Fundação O Boticário de Proteção à Natureza, Curitiba. p. 30.

Lana, P. C., Marone, E., Lopes, R. M., & Machado, E. C. 2001. The subtropical estuarine complex of Paranaguá Bay, Brazil. In: U. Seeliger, L. D. Lacerda & B. Kjerfve (Eds.), Coastal marine ecosystems of latin America. pp. 131–145. Berlin: Springer-Verlag.

Maack, R. 1981. Geografia física do Estado do Paraná. Rio de Janeiro: Editora José Olympio: p. 153.

Marcondes-Machado, L. O., & Monteiro-Filho, E. L. A. 1989. Nota sobre a presença dos guarás, Eudocimus ruber (Linné, 1758) (Threskiornithidae, Aves), no litoral de São Paulo. Alerta para sua proteção. Ciência e Cultura, 41(12), 1213–1214.

Marcondes-Machado, L. O., & Monteiro-Filho, E. L. A. 1990. The scarlet ibis Eudocimus ruber in southeastern Brazil. Bulletin of the British Ornithologists' Club, 110(1), 123–126.

Noernberg, M. A., Lautert, L. F. C., Araújo, A. D., Marone, E., Angelotti, R., Netto JR., J. P. B., & Krug, L. A. 2006. Remote sensing and GIS integration for modeling the Paranaguá Estuarine Complex - Brazil. Journal of Coastal Research, 39(1), 1627–1631.

Oliveira, T. C. G. 2009. Diversidade de espécies e comportamento de uma comunidade de aves estuarinas em um baixio no Lagamar de Cananéia, litoral sul do Estado de São Paulo, Brasil. Doctoral thesis. Departamento de Zoologia da Universidade Federal do Paraná. p. 132. Retrieved from http://hdl.handle.net/1884/18398.

Paludo, D., Campos, F. P., Collaço, F. L., Fracasso, H. A. A., Martuscelli, P., & Klonowski, V. S. 2018. Reproduction of Eudocimus ruber in the Iguape-Cananéia-Ilha Comprida estuary complex, São Paulo, Brazil. Atualidades Ornitológicas, 202(1), 8–15.

Rodrigues, A. A. F. 1995. Ocorrência da reprodução de Eudocimus ruber na Ilha do Cajual, Maranhão, Brasil (Ciconiiformes: Threskiornithidae). Ararajuba, 3(1): 67–68.

Sick, H. 1997. Ornitologia brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: p. 912.

Stotz, D. F., Fitzpatrick, J. W., Parker, T. A., & Moskovits, D. K. 1996. Neotropical birds: ecology and conservation. Chicago: University of Chicago Press: p. 502.

Straube, F. C. 2011. Ruínas e urubus: história da ornitologia no Paraná. Período Pré-Nattereriano (1541 a 1819). Curitiba: Hori Consultoria Ambiental: p. 195.

Zanin, G. R., Tosin, L. F., & Barbieri, E. 2008. Influência da maré na abundância de Egretta Caerulea (Linnaeus, 1758) em uma enseada estuarina da Ilha Comprida, São Paulo, Brasil. Estudos de Biologia, Ambiente e Diversidade, 30(70/72), 133–139. DOI: 10.7213/reb.v30i70/72.22818.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.


 SCImago Journal & Country Rank