Arquitetura ecológica: modelos paisagísticos, requalificação e refuncionalização de espaços públicos verdes urbanos.

Silvia Laura Costa Cardoso, Silvio Lima Figueiredo

Resumo


O artigo analisa a requalifcação e
refuncionalização de jardins botânicos, a
partir dos modelos paisagísticos, a fm de
entender a importância desses espaços
para os citadinos. Trata-se de uma pesquisa
exploratória que em termos teóricos
envolveu a discussão sobre os usos,
formas e funções dos espaços públicos
verdes nas cidades contemporâneas.
Os dados foram levantados através de
pesquisa bibliográfca. Para interpretação
destes utilizou-se a categoria modelos
paisagísticos que permitem entender
a diversidade de usos que os espaços
disponibilizam nas cidades e seus
desdobramentos no ambiente urbano. O
que há de inovador na criação de espaços
públicos verdes é a evolução de suas
diversifcadas funcionalidades no ambiente
urbano. Tais usos, formas e funções
buscam requalifcar e refuncionalizar os
espaços nas urbes.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.