PACIENTES COM ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL (AVC) AGUDO EM CUIDADOS PALIATIVOS: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA

Lígia Correia Vieira, Manuela Vasconcelos de Castro Sales

Resumo


Introdução: O acidente vascular encefálico (AVC), um importante problema
de saúde pública, pode ter consequências catastróficas para o indivíduo e seus familiares. Cuidados paliativos (CP) são promovidos por equipe multiprofissional, com intuito de prevenir e aliviar sofrimentos de pacientes com doença ameaçadora à vida e de seus familiares. Objetivos: Identificar necessidades de CP em pacientes com AVC agudo grave e seus familiares. Métodos: Uma revisão sistemática foi conduzida nas bases de dados: MEDLINE, PubMed, SciELO,
LILACS, DOAJ e Cochrane, em artigos publicados no período de 2000 a 2018. Resultados: Dos 114 artigos encontrados na busca inicial, 16 foram selecionados após aplicação de critérios de inclusão e exclusão. Mostraram discussões sobre prognóstico; prevalência de sintomas e principais barreiras de comunicação. Foi evidenciado que estes pacientes e seus familiares têm necessidades multidimensionais não atendidas. O principal motivo para solicitar CP foi a abordagem de diretivas avançadas de vontade e de cuidados de fim-de-vida. Conclusão: Há indicação e beneficio à inserção de cuidados paliativos em
pacientes acometidos por AVC agudo grave. Para isto, são fundamentais:
o trabalho interdisciplinar da equipe de saúde, boa comunicação, estratégias educacionais e deliberação política. 


Palavras-chave


Neurologia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.