Dos partos e do aleitamento materno: um estudo bibliológico acerca das teses e dissertações da primeira metade do século XIX da Ginecologia e Obstetrícia da Faculdade de Medicina da atual UFRJ

Mayara das Dores Alves, Nysia de Oliveira Sá, Andre Vieira de Freitas Araujo

Resumo


O presente trabalho concentra-se na temática memória científica e institucional da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Discute o estatuto de raridade e/ou especialidade das antigas teses e dissertações da Faculdade de Medicina depositadas na Biblioteca Central do Centro de Ciências da Saúde desta Universidade. Utiliza os conceitos raro, especial e antigo, tomando por base características extrínsecas e intrínsecas da obra. A amostra da análise é composta por 15 obras, cujo corte foi efetuado na temática saúde da mulher, especificamente em Ginecologia e Obstetrícia. Utiliza a Biblioteconomia de Livros Raros como aporte teórico. Adapta conceitos produzidos pela literatura como aporte teórico-metodológico da materialidade do acervo. Realiza análise Bibliológica e, para tanto, utiliza como parâmetro: suporte, capa, texto impresso, ornamentação, marcas intrínsecas, extrínsecas, apresentação material e aspecto intelectual. Conclui que as teses e dissertações são especiais devido a dois aspectos centrais e inter-relacionados: 1) do ponto de vista da Biblioteconomia de Livros Raros são demarcadas por sua importância cultural e limite histórico; 2) do ponto de vista da História da Ciência no Brasil são documentos que não só materializam saberes históricos, mas que permitem o estudo retrospectivo e comparativo de teorias e práticas médicas nos campos da Ginecologia e Obstetrícia.


Palavras-chave


Bibliologia; Biblioteconomia de Livros Raros; Teses e Dissertações antigas; Medicina;

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 3.0 Brasil.

ISSN: 2525-7935