Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A Revista Interinstitucional Brasileira de Terapia Ocupacional (ISSN eletrônico 2526-3544) foi criada em 2015 e destina-se à publicação de trabalhos científicos originais relacionados à Terapia Ocupacional e áreas correlatas, visando fomentar a articulação  interinstitucional e interdisciplinar. 

Seu público alvo são pesquisadores, docentes, estudantes de pós graduação e graduação, profissionais terapeutas ocupacionais assim como demais profissionais interessados.

Os artigos publicados neste periódico são:

  1. Editorial
  2. Artigo Original
  3. Artigo de Revisão
  4. Artigo de Análise da Prática
  5. Estudo de caso para o ensino
  6. Temas da Atuallidade

1. Editorial

Trata-se de manuscrito elaborado por corpo editorial, ou quaisquer outros autores, quando convidados, que tematizam argumentos sobre o conteúdo da revista a ser publicado em seu respectivo período.

2. Artigo Original

Trata-se de manuscrito resultante de pesquisa, de natureza teórica/conceitual, experimental, exploratória e/ou empírica, referente a temas de interesse no campo da terapia ocupacional e interdisciplinares correlatos ao campo. Este tipo de manuscrito deve ser estruturado do seguinte modo: Introdução, Materiais e Métodos, Resultados e Discussão, Conclusão ou Considerações Finais. Inclui Referências.

A Revista Interinstitucional Brasileira de Terapia Ocupacional - REVISBRATO apoia as políticas para registro de ensaios clínicos da Organização Mundial da Saúde -- OMS e do International Committee of Medical Journal Editors -- ICMJE, reconhecendo a importância dessas iniciativas para o registro e divulgação internacional de informação sobre estudos clínicos em acesso aberto. Sendo assim, quando se tratar de pesquisa clínica, somente serão aceitos para publicação os artigos que tenham recebido um número de identificação em um dos Registros de Ensaios Clínicos validados pelos critérios estabelecidos pela OMS e ICMJE, cujos endereços estão disponíveis no site do ICMJE (http://www.icmje.org/faq_clinical.html). O número de identificação deverá ser registrado ao final do resumo.

3. Artigo de Revisão

Trata-se de manuscrito que apresenta síntese de estudos publicados, referente a determinado período, fontes e marcos teóricos, acompanhado de análise crítica e/ou descritiva, favorecendo o aprofundamento do conhecimento do tema investigado. Referem-se a esta seção: Revisões Sistemáticas, Integrativas, Narrativas e Crítica. Serão aceitos artigos que sigam as diretrizes delineadas pelo checklist do Preferred Reporting Items for Systematic Reviews and Meta-Analyses (PRISMA) http://www.prisma-statement.org/

4. Artigo de Análise da Prática

Trata-se de breve análise crítica de um contexto de atuação em Terapia Ocupacional. Pode incluir o trabalho com um cliente, paciente, família ou grupo, deve apresentar foco nos procedimentos de intervenção/acompanhamento (que inclui o contexto e questão terapêutica ocupacional, avaliações, diagnóstico ocupacional, os métodos de intervenção/acompanhamento, modelos, abordagens). Por fim, deve ser colocado em síntese a conclusão da prática sobre o dado contexto apresentado. Podem ser análises da prática especificas à Terapia Ocupacional ou interdisciplinares, mas que façam relevâncias ao campo de conhecimento da Terapia Ocupacional.

A apresentação de informações no formato Análise da Prática deve seguir as orientações de tratamento ético seja no campo das ciências da saúde ou ciências sociais.

5. Estudo de Caso para o Ensino

Artigo que descreve e apresenta o fomento e a produção de metodologias e políticas de ensino na graduação e pós graduação em Terapia Ocupacional e áreas afins. 

6. Temas da Atualidade

Comunicação Livre, Memórias da Terapia Ocupaiconal, Opiniões e Reflexões sobre temáticas relevantes à Terapia Ocupaiconal e áreas correlatas. Trata-se de artigos de menor extensão que os artigos originais, relatos de experiências e estudos de caso para ensino, informes sobre o desenvolvimento de projetos e programas, resultados de reuniões, simpósios e conferências, nacionais e internacionais na área de Terapia Ocupacional e áreas correlatas. Publicação de entrevistas realizadas com terapeutas ocupacionais ou pessoas que contribuíram para a construção da profissão no país ou no exterior, traduções de textos ou artigos, bem como documentos históricos inéditos.


 

Políticas de Seção

Editorial

Editores
  • Ricardo Correia
  • Beatriz Takeiti
Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Imagens para Capa da Revista

Imagens produzidas no contexto da Terapia Ocupacional, em áreas correlatas ou de cunho à promover debates relacionados à temàticas políticas e sociais poderão estampar as capas das edições da REVISBRATO. Asimagens podem ser fotografias, desenhos e obras em geral. Devem ser submetidas nesta seção junto a carta de autorização do uso de imagens assinada.  No momento da submissão descreva, na própria plataforma, em resumo e metadados o contexto de produção da imagem. Submeta a imagem colada em arquivo word 2007 ou seguintes.

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigo Original

Política padrão de seção

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigo de Revisão

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Análise da Prática

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Estudo de Caso para o Ensino

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Temas da Atualidade

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Os artigos científicos serão avaliados por dois pareceristas, no sistema de revisão cega blind review. O texto que obtiver dois pareceres favoráveis estará aprovado e aquele que receber dois pareceres contrários estará definitivamente recusado. No caso de um texto obter um parecer favorável e outro contrário, será solicitado um terceiro parecer para desempate.

 

Periodicidade

A REVISBRATO é um periódico com publicação eletrônica (online) trimestral.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...