E D I Ç Ã O E S P E C I A L CHAMADA PARA ARTIGOS

Caros leitores, autores e editores

A Revista Interinstitucional Brasileira de Terapia Ocupacional – REVISBRATO (ISSN eletrônico 2526-3544) convida a comunidade técnico-científica a submeter artigos para o número temático sobre TRABALHO E TERAPIA OCUPACIONAL: INTERFACES ENTRE SAÚDE E SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA, com o propósito de divulgar pesquisas e reflexões teórico-práticas que permitam o diálogo entre autores(as) e o público leitor(a) da revista.

A REVISBRATO aceita artigos em português, inglês e espanhol produzidos por docentes, estudantes de pós-graduação e graduação, profissionais terapeutas ocupacionais, assim como demais pesquisadores(as) e profissionais interessados(as). 

Os artigos científicos serão avaliados por dois pareceristas, no sistema de revisão cega blind review, conforme as normas do periódico. O texto que obtiver dois pareceres favoráveis estará aprovado e aquele que receber dois pareceres contrários estará definitivamente recusado. No caso de algum texto obter um parecer favorável e outro contrário, será solicitado um terceiro parecer para desempate.

As contribuições deverão estar adequadas à Política de Seção da RevisbraTO, que são:

Imagem de Capa

Artigo Original

Artigo de Revisão

Análise da Prática

Estudo de caso para o ensino

Temas da Atualidade

 

IMPORTANTE: Para esta Edição Especial, os manuscritos deverão ser submetidos até a data de 30 de MAIO de 2019. Só será analisado um texto por autor ou coautor.

 

JUSTIFICATIVA

A proposta deste número, que envolve o eixo temático Terapia Ocupacional e Trabalho em interface com a saúde e sociedade contemporânea tem como propósito discutir a reestruturação e a precarização do mundo do trabalho, e as diversas consequências ao trabalhador e trabalhadora como o desgaste físico, mental, e social, além de repercussões na vida política e cotidiana, em suas atividades de vida diária e/ou ocupações.

Esta Edição pretende reunir artigos relativos à assistência à saúde do trabalhador e trabalhadora (prevenção, promoção, reabilitação, proteção e recuperação), à vigilância em saúde do trabalhador e trabalhadora, e à educação e capacitação em saúde do trabalhador(a), entre outros, envolvendo problemáticas de acidentes e de doenças relacionadas ao trabalho. Incentiva-se artigos que previligiem a discussão sobre: (i) qualidade de vida no trabalho; (ii) ergonomia; (iii) reabilitação profissional e reinserção no trabalho; (iv) desemprego e/ou trabalho informal e/ou ilegal; (v) metodologias de investigação e tecnologias voltadas a saúde e trabalho; (vi) trabalho, juventude e nova geração de trabalhadores; (vii) políticas públicas voltadas ao mundo do trabalho (viii); gestão, empreendedorismo e/ou economia solidária e/ou emprego apoiado e (ix) novas abordagens ou concepções teóricas em Terapia Ocupacional no contexto do trabalho, por meio da produção do conhecimento a partir da perspectiva das categorias saúde, trabalho e sociedade.

 

NORMAS PARA PUBLICAÇÃO

No documento Folha de Rosto deve vir destacado no topo do texto que o artigo submetido é referente a edição especial “Trabalho e Terapia Ocupacional: Interfaces entre saúde e sociedade contemporânea”.

Os artigos deverão ser elaborados de acordo com as diretrizes indicadas pelo corpo editorial, sendo essas, critérios para aceite, devendo ser submetidos no seguinte endereço eletrônico: https://revistas.ufrj.br/index.php/ribto.


 

EDITORES CONVIDADOS

Maria do Carmo Baracho de Alencar– Professora Associada do Departamento de Saúde, Educação e Sociedade da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)

Nilson Rogério da Silva– Professor Adjunto do Departamento de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP)

Daniela da Silva Rodrigues– Professora Assistente do Curso de Terapia Ocupacional da Universidade de Brasília (UnB), doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Terapia Ocupacional da UFSCar.

Lilian de Fátima Zanoni Nogueira– Professora do Curso de Terapia Ocupacional da Universidade de Sorocaba (UNISO),  doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Terapia Ocupacional da UFSCar.

Marina Batista Chaves Azevedo de Souza– Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Terapia Ocupacional da UFSCar.