Análise da influência de telas utilizadas como reforço em revestimento de argamassa de fachada frente a esforços de tração

Beatriz Schimelfenig, Cristina Vitorino da Silva, Jonas Demoliner Bordin, Francine Padilha

Resumo


Descolamentos e fissuras são manifestações patológicas recorrentes em revestimentos de fachadas de edificações
brasileiras. Neste contexto, sabe-se que o revestimento de argamassa ainda é o mais utilizado no mercado
da construção civil e tem demonstrado diversos problemas decorrentes dos materiais e da execução de
maneira inadequada. Portanto, o presente trabalho buscou avaliar a influência do uso de diferentes telas como
reforço de revestimento argamassado, com o objetivo de identificar qual apresenta o melhor desempenho.
Foram utilizados três modelos de telas, dois metálicos galvanizados de diferentes malhas e espessuras e um
modelo de polietileno de alta densidade (PEAD). A fim de caracterizar a tela isoladamente quanto à resistência
à tração, foi realizado o ensaio de tração simples em corpos de prova de 250x300 mm para cada modelo
de tela. Para avaliar seu comportamento em conjunto com a argamassa, foi realizado o ensaio de tração na
flexão de 4 pontos em corpos de prova prismáticos de 200x500 mm, no qual foram inseridas amostras das
telas nas posições de 15, 25 e 30 mm da base para um corpo de prova com espessura de 50 mm. Os resultados
obtidos indicam que a tela metálica eletrosoldada galvanizada, de malha quadrada 25x25 mm e fio de
1,24 mm, apresentou o melhor desempenho dentre os modelos testados.
Palavras-chave: Manifestações Patológicas; Revestimento de Argamassa; Telas; Resistência à Tração.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.