Citotoxicidade in vitro de nanopartículas de fosfato tricálcico-β sintetizado via reação em estado sólido

Suely Alves Silva, Ricardo Emílio Ferreira Quevedo Nogueira, Joelane Maria de Carvalho Teixeira, José Sílvio Veras Albuquerque, Eden Batista Duarte

Resumo


O Fosfato Tricálcico-β (TCP-β) é um material sintético que apresenta composição química similar à do
tecido ósseo, sendo, por essa razão, frequentemente empregado como biomaterial. Nesta pesquisa, TCP-β foi
sintetizado por reação via estado sólido e caracterizado por Difração de Raios X (DRX), Espectroscopia de
Infravermelho (IV), Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) e Espectroscopia de Raios X por Dispersão
de Energia (EDX). A área superficial e a distribuição do tamanho de partículas foram determinadas pelo
método BET (Brunauer-Emmet-Teller). Também se realizou teste de citotoxicidade segundo as normas ISO
10993-5 e ISO 10993-12. As técnicas de DRX e IV permitiram confirmar a formação da fase fosfato
tricálcico-β, mediante seus padrões de difração e dos grupos funcionais característicos, respectivamente.
Através do BET, constatou-se o caráter nanométrico das partículas sintetizadas. O MEV permitiu comparar a
evolução da morfologia microestrutural, antes e após o tratamento térmico. Com os resultados de EDX,
calculou-se a razão molar entre cálcio e fósforo, parâmetro usualmente empregado para identificação das
diferentes fases de apatitas. No ensaio de citotoxicidade, as amostras não apresentaram alterações celulares
(morfologia) e nem inibição do crescimento celular, indicando que, nas condições in vitro, o material não é
tóxico. Todas essas caracterizações sugerem que o fosfato tricálcico-β obtido pode ser potencialmente
utilizado para aplicações biomédicas.
Palavras-chave: Biomateriais, Fosfato Tricálcico-β, Citotoxicidade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.