Avaliação da influência da relação mássica monômero (metacrilato de metila) / cera (palmitato de cetila) e da metodologia de processo na preparação de nanocápsulas contendo material de mudança de fase via polimerização em emulsão

Fernanda Barberato, Fernando Soares de Lima, Kleber Lanigra Guimarães, Adriano Marim de Oliveira

Resumo


Neste trabalho, foram produzidas nanocápsulas contendo material de mudança de fase (“Phase Change Material”
- PCM) por meio do processo de encapsulação via polimerização em emulsão, utilizando a cera palmitato
de cetila como material encapsulado e o monômero metacrilato de metila como encapsulante, através
de duas metodologias de processo distintas. A relação mássica cera/monômero também foi avaliada na produção
das nanocápsulas. As amostras foram submetidas a caracterizações, com o objetivo de avaliar a estabilidade
e integridade física das nanocápsulas após secagem em estufa, seu comportamento térmico (DSC),
seus aspectos morfológicos (MEV), tamanho médio de partícula, conteúdo de sólidos e potencial operacional
cíclico. Analisando os resultaos obtidos observou-se que tanto a metodologia de processo de produção quanto
à variação da relação cera/monômero influenciaram diretamente na formação das nanocápsulas e no tamaho
médio das partículas, sendo que as amostras produzidas através do Método II apresentaram melhores resultados
quanto à formação das nanocápsulas com tamanho de partícula da ordem de 200 nm, com elevada relação
cera/monômero e estáveis a processos cíclicos de temperatura.
Palavras-chave: Polimerização em emulsão, nanocápsulas, PCM.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.