Argamassas eco-eficientes com incorporação simultânea de material de mudança de fase e cinzas volantes

Sandra Cunha, Victor Ferreira, José Aguiar, António Tadeu

Resumo


Atualmente, a indústria da construção é um dos principais setores europeus responsáveis pelos elevados níveis
de consumo de energia, extração de matérias-primas e produção de resíduos. Cada vez mais o consumo
de energia proveniente de fontes renováveis e a reutilização de resíduos industriais constituem a única maneira
de minimizar este problema para o meio ambiente e sociedade. A incorporação simultânea de materiais de
mudança de fase (PCM) e cinzas volantes (FA) em argamassas permite aumentar a eficiência energética nos
edifícios e diminuir a quantidade de extração de matérias-primas e de resíduos depositados em aterro. O desenvolvimento
de argamassas com incorporação de PCM e cinzas volantes contribui para uma melhoria significativa
dos parâmetros de conforto no interior de edifícios e do meio ambiente. O PCM permite regular a
temperatura no interior dos edifícios utilizando como recurso apenas energia solar, diminuindo as necessidades
de utilização de equipamentos de climatização. O PCM possui a capacidade de absorver e liberar energia
para o meio ambiente. O principal objetivo deste trabalho consistiu na caracterização física, mecânica e térmica
de argamassas com incorporação de PCM e FA. Foi possível concluir que a incorporação simultânea de
PCM e FA permitiu obter argamassas homogêneas e adequadas, com boas propriedades físicas e mecânicas e
um comportamento térmico melhorado quando comparadas às argamassas sem incorporação e apenas com
incorporação de PCM.
Palavras-chave: Material de Mudança de Fase, Cinzas Volantes, Argamassas, Cimento.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.