Avaliação da morfologia e propriedades mecânicas de compósitos laminados a base de epóxi, cortiça e microesferas de vidro

Bruno Santos Pereira, Renata Barbosa, Tatianny Soares Alves

Resumo


Neste trabalho foram desenvolvidos compósitos poliméricos epoxídicos laminados a base de cortiça e
microesferas ocas de vidro. Os compósitos laminados foram confeccionados manualmente e avaliados quanto
às características morfológicas em microscópio eletrônico de varredura e a influência da incorporação das
cargas foi avaliada por meio da densidade e da resistência à flexão. De um modo geral, foi observada boa
dispersão tanto do pó de cortiça como das microesferas ocas de vidro nas camadas centrais do laminado,
porém os núcleos a base de cortiça apresentaram melhor adesão à matriz. Foi observada ainda a redução na
densidade de todos os compósitos com relação à matriz pura e que os módulos de flexão dos compósitos a
base de cortiça e os com microesferas ocas de vidro, mesmo com valores próximos, foram superiores ao
módulo de flexão do sistema epóxi puro. Compósitos laminados com núcleo com incorporação de cortiça
poderão ser aplicados como alternativa onde houver a necessidade de redução de peso e também onde houver
a expectativa de solicitações de flexão superiores às suportadas pela resina pura.
Palavras-chave: Compósito laminado, Cortiça, Microesferas, Flexão.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.