Características de um aço microligado forjado API 5L

André, Suzana, Rosana, João Batista Itman Filho, Scardua, da Silva, Martins

Resumo


Nos aços microligados da série API (American Petroleum Institute) utilizados na fabricação de dutos de
grande diâmetro, a resistência mecânica deve ser suficiente para suportar as elevadas pressões do fluido
transportado na indústria petroquímica. O aumento da resistência mecânica e da tenacidade para permitir a
operação da linha em pressões mais elevadas, sem a ocorrência de colapso da estrutura, é o principal requisito
para os aços utilizados nestes dutos. No Brasil, as empresas produzem estes aços por meio da laminação de
tiras a quente ou chapas grossas, com adição de nióbio, titânio e vanádio, conforme os requisitos da norma
API 5L. Considerando a complexidade geométrica dos componentes utilizados na indústria petroquímica, tais
como flanges e centralizadores de tubos, é importante desenvolver um processo alternativo para fabricação
de acessórios com as exigências desta norma. Dentro deste contexto e com o objetivo de avaliar novas técnicas
de processamento, foi elaborado um aço com composição química similar à de um API 5L X70. O metal
líquido foi vazado em uma lingoteira e forjado em barras com secção quadrada. As barras foram recozidas e
amostras foram cortadas para confecção de corpos de prova que foram submetidos à têmpera e revenimento
em diferentes temperaturas. As análises microestruturais e propriedades mecânicas de dureza e tração, após
os tratamentos térmicos, foram comparadas às existentes na literatura para tubos de aços laminados. Os resultados
mostram que as condições dos tratamentos térmicos são importantes para desenvolver uma rota alternativa
de forjamento controlado, para aços com características da norma API 5L.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.