Avaliação de ligantes asfálticos modificados com óleo da Moringa Oleífera Lam para uso em misturas mornas

Lêda Christiane de F. Lopes Lucena, Iarly Vanderlei da Silveira, Daniel Beserra da Costa

Resumo


A preocupação com o desenvolvimento sustentável tem levado ao estudo de tecnologias verdes que minimi-zem os impactos ao meio ambiente sem comprometer a qualidade do pavimento. Neste cenário, a indústria da pavimentação tem começado a pesquisar e aplicar as misturas asfálticas mornas. Estas são produzidas em temperaturas mais baixas que as convencionais e reduzem o gasto com combustível. As misturas mornas podem ser resultados da adição de um óleo, geralmente orgânico, ao ligante convencional, diminuindo a vis-cosidade deste. As sementes de Moringa Oleífera Lam possuem um teor de óleo compreendido entre 38 e 40%, e propriedades antioxidantes e lubrificantes. O objetivo deste trabalho consistiu em avaliar as mudanças das propriedades de consistência e a variação das temperaturas de usinagem e compactação com a adição do óleo da Moringa Oleífera Lam como aditivo verde. O óleo da Moringa Oleífera Lam foi extraído por pren-sagem a partir da torta das sementes. Em seguida, foram realizadas 6 misturas utilizando CAP 50/70 e o óleo da Moringa Oleífera Lam em diferentes proporções (0%, 0,5%, 1%, 1,5%, 2%, 2,5% e 3%). Os ligantes fo-ram analisados utilizando-se ensaios de viscosidade Brookfield, penetração, ponto de amolecimento e o enve-lhecimento por meio do ensaio em estufa de filme fino rotativo (RTFOT). Os resultados mostraram que a adição do óleo da Moringa Oleífera Lam deve ser efetuada para teores no intervalo compreendido entre 0,5% a 1%, pois nestes teores ocorre uma diminuição significativa das temperaturas de usinagem e compac-tação (≈ 5oC ) sem comprometer o desempenho do ligante asfáltico.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.