Potencial de uso de um resíduo de lodo de efluentes de indústrias de papel em matrizes cimentícias

Vanessa Giaretton Cappellesso, Natália dos Santos Petry, Camila Salvi Malacarne, Gustavo Filipe dos Santos, Ana Paula Kirchheim, Angela Borges Masuero, Denise Carpena Coitinho Dal Molin, Erich David Rodriguez

Resumo


Essa pesquisa teve por finalidade avaliar um resíduo de lodo de efluentes de indústrias de papel quanto à potencialidade de emprego em matrizes cimentícias. Verificou-se a composição química do resíduo e realizaram-se misturas com adições de 0, 5 e 10%, em relação à massa de cimento. As matrizes cimentícias foram analisadas por meio de calorimetria isotérmica, resistência à compressão, resistência à tração na compressão diametral, absorção de água por capilaridade, densidade de massa aparente e módulo de elasticidade dinâmico. Os resultados obtidos não foram satisfatórios, visto que a adição do resíduo à matriz apresentou aumento no consumo de cimento para atingir a resistência requerida e aumento no consumo de água para manutenção da consistência. Palavras-chave: argamassa, matrizes cimentícias, resíduo industrial, lodo de papel.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.