Caracterização e avaliação do comportamento termorresponsivo de fibras de Ecovio®/ PNIPAAm eletrofiadas

Liege Aguiar Pascoalino, Ricardo Luiz de Souza, Nívia do Nascimento Marques, Priscila Schroeder Curti

Resumo


Neste trabalho foram obtidas fibras eletrofiadas de blendas de Ecovio® e de poli(N-isopropilacrilamida) de alta massa molar (Ecovio®/PNIPAAm AMM) e de baixa massa molar (Ecovio®/PNIPAAm BMM). As fibras de blendas de Ecovio®/ PNIPAAm AMM foram obtidas a partir de soluções com concentração de 10% e nas proporções mássicas de 100/0, 85/15, 70/30, 50/50 e 0/100. As fibras de Ecovio®/PNIPAAm BMM foram obtidas a partir de soluções de Ecovio® a 20% com adição 1%, 2%, 3% ou 10% de PNIPAAM BMM. As fibras eletrofiadas foram caracterizadas pelas técnicas de microscopia eletrônica de varredura (MEV), espectroscopia de infravermelho com transformada de Fourier usando acessório de reflectância atenuada (FTIR-ATR) e de medidas de molhabilidade das superfícies das fibras em função da temperatura. Verificou-se que a adição de PNIPAAm AMM às soluções das blendas de Ecovio®/PNIPAAm favoreceu a eletrofiabilidade das soluções, pois as fibras obtidas apresentaram morfologia esférica e ausência de contas, principalmente a partir da proporção mássica de PNIPAAm AMM de 30%. Além disso, a presença de PNIPAAm AMM tornou as fibras de Ecovio®/PNIPAAm termossensíveis. Esse resultado foi observado a partir das medidas de ângulo de contato da gota de água em função da temperatura, que mostraram que a molhabilidade dessas fibras aumentou em temperaturas abaixo de 32 oC e, em temperaturas acima de 32 oC, a molhabilidade diminuiu. Isso ocorreu devido à transição hidrofílica-hidrofóbica, característica do PNIPAAm na faixa de 32-35 °C. Por outro lado, não foi verificado o mesmo comportamento para as fibras de Ecovio®/ PNIPAAm BMM, as quais tiveram uma melhora na molhabilidade com a adição de PNIPAAm BMM, mas não apresentaram o comportamento de termosssensiblidade, provavelmente devido ao menor tamanho das cadeias do PNIPAAm BMM, que não favoreceu a transição hidrofílica-hidrofóbica. Assim, provavelmente apenas as fibras eletrofiadas de Ecovio®/ PNIPAAm AMM poderiam vir a apresentar potencial aplicação na área de crescimento/descolamento celular.

Palavras-chave: Ecovio®, PNIPAAm, eletrofiação, blendas, fibras.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.