Síntese de pigmento cerâmico verde com base na estrutura cristalina da wollastonita

Gabriel, Thais, Marilena, Sonia Albuquerque, Ballmann, Folgueras, Prim

Resumo


Na indústria cerâmica de revestimento a cor é um parâmetro de grande importância no desenvolvimento de
produtos. O aspecto visual da peça cerâmica e seu valor de mercado são influenciados por parâmetros como
tonalidade, brilho e intensidade de cor. Neste segmento, a busca de novos pigmentos é constante, com foco
na redução de custos, na adequação ambiental de pigmentos e na necessidade de inovação em cores e processos.
Estes pigmentos, quando dispersos em um sólido, devem ser capazes de desenvolver cor mantendo-se
insolúveis e inertes nas elevadas temperaturas de processamento. O objetivo do presente trabalho foi a síntese
de pigmento cerâmico com a estrutura de Wollastonita -- CaSiO3, com a inclusão de cromo como íon cromóforo,
em teores variados. A difratometria de raios-X foi utilizada para avaliar o efeito da adição do cromo na
formação das fases cristalinas. A análise de distribuição de tamanho de partícula foi realizada pela técnica de
difração a laser. A análise colorimétrica foi realizado pela incorporação do pigmento em esmalte comercial e
a avaliação da cor desenvolvida, através da determinação dos parâmetros colorimétricos L*, a*, b*. Os resultados
mostraram que o teor de cromo utilizado e a temperatura de síntese interferem no desenvolvimento dos
silicatos e na performance dos pigmentos.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.