Materiais celulares vítreos obtidos via colagem de gel de uma emulsão de óleo vegetal

Francielly Roussenq Cesconeto, Sabrina Arcaro, Marcelo Tramontin Souza, João Batista Rodrigues Neto, Antonio Pedro Novaes de Oliveira

Resumo


Resíduos de vidro podem ser reutilizados para o desenvolvimento de materiais alternativos. Uma opção viá-vel são os materiais celulares para isolamentos térmicos já que, apresentando poros isolados, possuem baixa condutividade térmica, baixa densidade aparente e temperaturas de serviço mais altas que a dos materiais isolantes poliméricos. Neste trabalho, foi preparada uma suspensão aquosa com resíduos de vidro previamen-te moídos, Ágar-ágar (gelificante) e Emustab® (emulsificante), a qual foi adicionada diferentes frações de óleo de soja (50, 70 e 90% em massa). Subsequentemente, foi realizada a emulsificação do óleo vegetal no líquido da suspensão por meio de agitação em misturador mecânico de alto cisalhamento. Corpos de prova cilíndricos foram produzidos via colagem por gelificação e queimados a 700 °C/30 min. Os resultados mos-traram que os vidros celulares obtidos apresentaram porosidade entre 74 e 93% com poros bem definidos e distribuídos e baixas condutividades térmicas (0,05 a 0,09 W/m.K). Tais resultados indicam que os materiais obtidos são potenciais candidatos para atuarem como isolantes térmicos, como por exemplo, painéis para revestimentos utilizados na construção civil.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.