Síntese de Filmes de LiNbO3 Utilizando Oxalato Amoniacal de Nióbio

Cícero Rafael Cena, Guilherme Botega Torsoni, Gustavo Quereza de Freitas

Resumo


Neste trabalho, investigamos o processo de preparação de filmes finos de niobato de lítio (LiNbO3), utilizando como fonte de Nióbio (Nb) o Oxalato Amoniacal de Nióbio (NH4H2NbO(C2O4).3H2O, na síntese da resina precursora pelo método dos precursores poliméricos (Pechini). A cinética de formação de fase foi investigada com base nos padrões de difração de raios x (DRX) das amostras, revelando uma forte influência da estequiometria da resina e do tratamento térmico sobre a formação da fase desejada LiNbO3. Uma análise comparativa com estudos já realizados na literatura e dados experimentais observados para o pó, revelam que esta forte influência sobre a formação de fase dos filmes possivelmente esta relacionada ao emprego do precursor Oxalato como material de partida. A morfologia dos filmes foi investigada com base em imagens obtidas por microscopia eletrônica de varredura por emissão de campo (FEG-SEM), revelando uma microestrutura heterogênea e não contínua. Uma análise qualitativa dos elementos presentes no filme foi realizada com base em medidas de energia dispersiva de raios x (SEM-EDS), revelando a presença residual do elemento químico carbono nas amostras finais, embora as fases contendo íons de carbono não tenham sido evidenciadas nos estudos de DRX.

Palavras-chave: Filmes finos, efeitos de processamentos, Oxalato de nióbio, propriedades microestruturais.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.