A construção pronominal e a recordatio elegíaca: alusões textuais na produção poética de Ovídio

Douglas Gonçalves de Souza

Resumo


Em muitos poemas elegíacos de Ovídio, o eu-lírico parece tomar consciência de sua existência literária, a partir de intertextos presentes na tradição romana. Em outros casos, a persona elegíaca aparenta (re)viver experiências próximas de sua realidade mítico-literária. Assim sendo, este estudo, por um lado, pretende descrever o modo como a construção pronominal [ille + substantivo] auxilia no desenvolvimento do eixo temático elegíaco da recordatio; por outro, à luz de postulados concernentes à arte alusiva e à intertextualidade, intenta demonstrar como tais retomadas textuais (externas) contribuem para a (res)significação (interna) dos poemas ovidianos. 


Palavras-chave


marcador alusivo; recordatio; gênero elegíaco; Ovídio

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25187/codex.v5i1.10336

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Douglas Gonçalves de Souza

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.