As imagens do saber no prólogo (v. 1-32) do poema Da natureza, de Parmênides

Ricardo de Souza Nogueira

Resumo


Este artigo apresenta uma proposta de análise da maneira como quatro imagens referentes ao conhecimento são construídas no Prólogo, fragmento 1 (v. 1-32), do poema de Parmênides intitulado Da Natureza. O trabalho contém ainda uma tradução desse texto, com base na manutenção dessas mesmas imagens. A análise pretendida fundamentou-se na utilização dos conceitos de imagem, metáfora e alegoria, amparados por ferramentas próprias da análise do discurso.



DOI: https://doi.org/10.17074/cpc.v1i26.7034

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Calíope: Presença Clássica