A disputatio sobre os rituais de magia na História natural

Ana Thereza Basilio Vieira

Resumo


O séc. I d.C. é uma época prolixa em obras de cunho técnico-científico. Nesse meio literário, Plínio o Velho compõe a História natural, obra em que tenta delinear todas as ciências em voga à sua época, como a medicina aliada às práticas mágicas. O autor busca questionar este uso, frequentemente utilizado por povos estrangeiros, sob um olhar de acusação e, ao mesmo tempo, de defesa dos direitos romanos. Pretendemos, portanto, analisar alguns trechos que justamente nos revelam esse olhar inquiridor de Plínio sob os rituais mágicos.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.17074/cpc.v2i28.7234

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Calíope: Presença Clássica