A Arte Geométrica grega: considerações sobre a análise dos motivos figurados do repertório iconográfico geométrico argivo (c. 900 a 700 a.C.)

Camila Diogo de Souza

Resumo


A análise do repertório iconográfico da produção cerâmica argiva do Período Geométrico na Grécia (c. 900 a 700 a.C.) revela sua originalidade, especificidade e autonomia e fornece elementos e indícios para a compreensão das relações entre a arte e a sociedade, principalmente no que diz respeito aos pressupostos e características da Arte Geométrica. Neste breve artigo, focaremos nossa abordagem e perspectiva de análise em determinados motivos figurados peculiares das composições iconográficas argivas por meio da técnica aplicada e do desenvolvimento estilístico dos mesmos durante o Período
Geométrico. Este pequeno recorte de estudo visa refletir e compreender como tais elementos estão engendrados por modificações sociais, culturais e políticas características do final deste período com o processo de emergência e formação da pólis argiva e permite, ainda, levantar questões sobre a importância da produção geométrica argiva na Arte Geométrica grega.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.17074/cpc.v1i29.7410

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Calíope: Presença Clássica