Modos de fazer da pesquisa acadêmica: descrição de uma experiência em análise de materiais didáticos de língua italiana

Jefferson Evaristo do Nascimento Silva

Resumo


Realizar pesquisas acadêmicas é, sem dúvidas, uma tarefa complexa, exaustiva e,
por vezes, misteriosa -- no sentido de não haver, efetivamente, uma preparação prévia para tal atividade.
Entretanto, espera-se de um pesquisador em nível de pós-graduação que ele
realize uma pesquisa. Mais do que isso: espera-se que essa pesquisa seja relevante, bem estruturada, condizente com outras pesquisas da área e, comumente, que ela traga algum avanço ou inovação para o estado da arte sobre o tema. Dito de outro modo, espera-se uma “boa pesquisa”. De fato, é a partir das pesquisas acadêmico-científicas -- e, em certa parte, da docência e aplicação dessas pesquisas -- que o conhecimento científico aumenta, fazendo com que se possa avançar no campo teórico daquela disciplina. “Sendo assim, a relevância da pesquisa está na capacidade de fazer avançar o conhecimento científico” (SIQUEIRA et alli, 2008, p. 17).
No presente texto, temos o objetivo de demonstrar as etapas e caminhos
percorridos para a realização de uma pesquisa de mestrado, defendida no Programa de Letras Neolatinas (doravante PPGLEN) da UFRJ, no ano de 2016. Para tanto, especificaremos algumas das escolhas, decisões, ações e procedimentos que foram adotados para a sua efetivação.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.