Identidades juvenis e consumo musical de 'reggae' e 'rap' em Cuba

Yoannia Garzón

Resumo


A relação entre música, juventude e consumo cultural é explorada neste artigo de Yoannia Garzón, pesquisadora cubana do Centro de Estudos sobre a Juventude, de Havana, Cuba. Destacando como o ‘rap' e o ‘reggae' tem se tornado importantes nas práticas expressivas e participativas dos jovens cubanos, a autora discute como, em um contexto de globalização das indústrias culturais, estes estilos musicais são reconfigurados nas experiências locais. Como marcadores socioculturais de maneiras de ser e de viver, estes ritmos podem também ganhar sentido de resistência frente a condições de marginalização e discriminação vivenciadas pelos jovens. Leia mais.


Texto completo:

PDF

Referências


Bayona Mojena, Rosilín. Cubaliteraria. Impresiones sobre la cultura rapera capitalina. Disponível em: http://www.cubaliteraria.cu/articulo.php?idarticulo=13917&idseccion=25 Acesso em 24 de janeiro de 2014.

Bayona Mojena, R.. Cubaliteraria. La música como forma de participación y consumo. Disponível em: http://www.cubaliteraria.cu/articulo.php?idarticulo=14255&idseccion=25 Acesso em 24 de janeiro de 2014.

D Perry, Marc (s.f.). La jiribilla. Disponível em: http://www.lajiribilla.cubaweb.cu Acesso em 7 de março de 2014.

Furé Davis, Samuel, La cultura Rastafari en Cuba. Editorial Oriente, 2011.

Martín-Barbero, Jesús. Comunicación e imaginarios de la integración. Revista Inter-medios, N. 2, 1992


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


NIPIAC – Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa para a Infância e Adolescência Contemporâneas
Universidade Federal do Rio de Janeiro - Campus da Praia Vermelha
Av. Pasteur, 250 – Urca, Prédio da Decania do CFCH
Rio de Janeiro - RJ, Brasil | CEP 22.290-902