Editorial Português

Lucia Rabello de Castro

Resumo


Fechar um ano responde ambivalentemente pelas realizações e conquistas e, ao
mesmo tempo, pela despedida das diiculdades e agruras vivenciadas. ͖͔͕2019 foi um
ano especialmente difícil cuja alegria, ante seu término, pende mais para o fato de se
ter sobrevivido ao desmonte impetrado como política de governo à área da ciência,
educação pública e cultura no Brasil. A Revista DESidades completou em 2019 seis anos
de publicação ininterrupta de edições trimestrais no campo da infância, adolescência
e juventude. Como acontece com frequência no país, e em outros da América Latina,
as revistas científicas contam com a colaboração voluntária de docentes e estudantes
que se dedicam à causa e ao trabalho de editoração científica. No entanto, as condições
deste trabalho voluntário tem piorado drasticamente com a produção da escassez
de recursos que podem dar suporte à publicação das pesquisas científicas. Visibilizar
cientificamente – através da divulgação do conhecimento científico - a infância e a
juventude latino-americanas permanece nossa política editorial inconteste, o que
nos motiva a iniciar este Editorial da última edição de 2019 assumindo publicamente
a indignação frente às políticas obscurantistas para a ciência, cultura e educação no
último ano no Brasil.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


NIPIAC – Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa para a Infância e Adolescência Contemporâneas
Universidade Federal do Rio de Janeiro - Campus da Praia Vermelha
Av. Pasteur, 250 – Urca, Prédio da Decania do CFCH
Rio de Janeiro - RJ, Brasil | CEP 22.290-902