A presença asiática no Brasil entre os séculos XIX e XX: ‘A questão chinesa’ e a construção da identidade nacional brasileira

Edivan de Azevedo Silva da Costa

Resumo


Este artigo discute as teorias dos movimentos migratórios, com ênfase nas mobilidades chinesas por análises históricas e espaciais. Serão abordadas as emigrações e imigrações dos processos históricos internos na China que culminaram na análise da diáspora sínica. Buscarei compreender e destacar que a diáspora chinesa tem características peculiares, pois mantém laços econômicos e identitários com a China. Além disso, farei uma revisão bibliográfica do resgate histórico dos debates nos séculos XIX e XX sobre as permissões de entrada de estrangeiros em território brasileiro, calcadas em interesses da contratação de chineses como mão de obra trabalhadora nas lavouras e na construção da identidade nacional brasileira que ficou conhecida como “a questão chinesa”.

Palavras-chave


diáspora, imigrações chinesas, políticas imigratórias, trabalhadores estrangeiros, identidade nacional

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

Enfoques - Revista de discentes do PPGSA/IFCS/UFRJ
Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia
Largo de São Francisco, nº 1 - Sala 420 - Rio de Janeiro - RJ - 20051-070