'Fat studies' e a produção de conhecimento situado: Notas sobre o sexto Congresso Internacional de Estigma do Peso

Beatriz Klimeck, Rogerio Azize

Resumo


Desde 2013, acadêmicos e ativistas se reúnem anualmente na International Weight Stigma Conference a fim de discutir suas produções, as quais, na maioria dos casos, situam-se no campo dos fat studies (em tradução livre, “estudos sobre a pessoa gorda”). Estas são observações produzidas por um olhar etnográfico sobre a sexta edição, na Inglaterra, em 2018, e pelo acompanhamento da hashtag do evento no Twitter. A partir da dinâmica de produção de conhecimento sobre e a partir de corpos gordos, foi possível observar tensões estabelecidas pelas escolhas linguísticas, o repensar dos paradigmas biomédicos sobre “obesidade” à luz da justiça social e um espaço de acolhimento possível dentro das formalidades de um congresso acadêmico.


Palavras-chave


fat studies, gordofobia, estigma do peso corporal, conhecimento situado, antropologia da saúde

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

Enfoques - Revista de discentes do PPGSA/IFCS/UFRJ
Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia
Largo de São Francisco, nº 1 - Sala 420 - Rio de Janeiro - RJ - 20051-070