Haiti e HIV: Criando a história do contágio

Marcelo Giacomazzi Camargo

Resumo


O artigo argumenta que o corpo de conhecimento construído por meio de pesquisas sobre e com o HIV no Haiti, feitas e/ou financiadas por entidades internacionais, compõe uma metanarrativa histórica acerca da nação caribenha. Nesta, o Haiti é um símbolo de subdesenvolvimento e um provedor de eventos e conceitos para os processos de formação dos Estados-nação do Norte Global. Parte-se da análise de um estudo indicando a entrada do HIV nos EUA pelo Haiti, de reflexões sobre a ligação entre as epidemias de HIV e concepções de raça e desenvolvimento e de publicações tratando de esforços internacionais no combate ao HIV em território haitiano.

Palavras-chave


Haiti, HIV, AIDS, saúde, colonialismo

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

Enfoques - Revista de discentes do PPGSA/IFCS/UFRJ
Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia
Largo de São Francisco, nº 1 - Sala 420 - Rio de Janeiro - RJ - 20051-070