Extensão rural: “a cara do governo no campo”

Pedro Cassiano Farias de Oliveira

Resumo


O artigo é uma análise de duas instituições que implantaram a Extensão Rural no campo brasileiro, a Associação Brasileira de Crédito e Assistência Rural (ABCAR) -- na década de 1950 -- e, posteriormente, a Empresa Brasileira de Assistência Técnica e Extensão Rural (EMBRATER) -- de 1973, até os anos 90. Importante ressaltar que, no período da ditadura militar (1964-1985), houve uma modificação dos seus objetivos em consonância com o projeto hegemônico da classe dominante.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Revista Habitus

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.