Reconhecimento no Estado laico

Serge Katenbera Rhukuzage

Resumo


O artigo traz o debate em torno do conceito de reconhecimento de Charles Taylor, retomado pela Teoria Crítica e que se tornou o centro do confronto teórico entre Axel Honneth e Nancy Fraser. Estes últimos autores são o foco do presente trabalho. O conceito de reconhecimento é retomado e operacionalizado no âmbito da noção de Estado laico. Os avanços das respectivas teorias de Honneth e Fraser são apresentados para, em seguida, serem analisados do ponto de vista de uma teoria dos limites do poder do Estado (Marx, Berlin, Bobbio). Nossa tese sugere que os autores (Honneth e Fraser) deveriam desenvolver uma abordagem do reconhecimento (além daquela baseada na identidade ou na justiça) com eixo na noção de liberdade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Revista Habitus

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.