A “boa imagem” do Rio de Janeiro e o Mercado Popular da Uruguaiana

Gustavo Lupetti Baptista

Resumo


As recentes “conquistas” do Rio de Janeiro vêm colocando a Cidade em destaque na cena internacional. A expectativa criada em torno dos “grandes eventos internacionais” (principalmente Copa do Mundo em 2014 e Jogos Olímpicos em 2016) impõe uma agenda que articula um sem-número de instituições. A necessidade de produção do que se convencionou chamar “boa imagem” influencia diretamente o cotidiano da população. Diversas políticas públicas e ações governamentais são perpetradas com base nesse paradigma, causando profundos impactos em alguns espaços. Nesse sentido, pretendo apresentar alguns relatos e reflexões oriundos da minha experiência de campo vivida no Mercado Popular da Uruguaiana (Camelódromo), situado no Centro da Cidade do Rio de Janeiro, ocasião em que presenciei a maior incursão policial já realizada naquele espaço até então.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Revista Habitus

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.