Exclusão do corpo trans Uma análise do assassinato de Dandara dos Santos

Maria Clara Silva Ferreira Ferro

Resumo


O presente artigo tem por objetivo destrinchar os elementos que compõem a exclusão
do corpo e da vivência transgênero no Brasil, configurado como o país que mais mata pessoas transgênero, transexuais e travestis no mundo. Para tanto, toma-se  metonimicamente o assassinato de Dandara dos Santos (1972-2017) a fim de analisar os elementos estruturais da transfobia apresentados no caso e demonstrar como este não se configura como um caso isolado, mas sim como parte de um extermínio legitimado discursiva, social e institucionalmente.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Habitus

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.