Peculiaridades das soldadeiras no universo feminino da Idade Média

Lucía Sande Siaba

Resumo


Desde as últimas décadas do século passado, os estudos literários desde uma perspectiva de gênero têm aumentado consideravelmente. No âmbito da literatura medieval, hoje são abundantes os trabalhos que abordam diversos aspectos relacionados com a participação ou representação das mulheres nos circuitos culturais e literários. No caso da lírica medieval galego-portuguesa, o estudo da representação feminina, principalmente nos gêneros amorosos (as cantigas de amor e as cantigas de amigo), tem sido muito prolífico pois a mulher é a figura central desse universo literário. Mas também no outro grande gênero lírico, as cantigas de escárnio e maldizer, a imagem da mulher tem uma especial importância, já que é construída, na maioria dos casos, por oposição à mulher nos gêneros amorosos. No presente trabalho nos questionaremos sobre a reprodução dos modelos femininos nos trabalhos que estudam a imagem da mulher na literatura medieval, perpetuando os estereótipos medievais e uniformizando o universo feminino. Isto nos levará a refletir sobre a pertinência da aplicação de uma perspectiva interseccional nos estudos literários medievais.

Palavras-chave


mulher medieval; soldadeiras; cantigas de escárnio

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.