Teresa Veiga - O poder da consciência

Serafina Maria Martins

Resumo


RESUMO

Os contos de Teresa Veiga, uma escritora que já recebeu três vezes o Grande Prémio do Conto Camilo Castelo Branco, constituem a demonstração plena de que na narrativa breve se pratica, tal como poesia lírica, a arte da sugestão. Aparentemente explicativos e claros, são, na verdade, omissos, misteriosos e um grande desafio para qualquer tipo de leitor. Isto deve-se, entre outros motivos, às estruturas narrativas e à existência, explícita ou latente, de diferentes versões dos factos acontecidos. O artigo aborda estas características de forma exploratória, na expectativa de contribuir para a identificação de traços sistémicos na obra de Teresa Veiga, uma das mais extraordinárias ficcionistas portuguesas contemporâneas.


Palavras-chave


Literatura portuguesa; Conto; Teresa Veiga

Texto completo:

PDF

Referências


Referências:

AUYOUNG, Elaine. Partial cues and narrative understanding in Anna Karenina. In: BERNAERTS, Lars; GEEST, Dirk de; HERMAN, Luc; VERVAECK, Bart (org). Stories and minds: cognitive approaches to literary narrative. Lincoln and London: University of Chicago Press, 2013, p. 59-78.

Disponível em: www.jstor.org/stable/j.ctt1ddr7zh.7.

Último acesso em: 26 de Julho de 2020.

BERNAERTS, Lars; CARACCIOLO, Marco; HERMAN, Luc; VERVAECK, Bart. The storied lives of non-human narrators. Narrative, Ohio, vol. 22, n. 1, January 2014, p. 68-93.

Disponível em: https://muse.jhu.edu/article/536491/pdf

Último acesso em: 31 de Julho de 2020.

BERNAERTS, Lars; GEEST, Dirk de; HERMAN, Luc; VERVAECK, Bart. Introduction: cognitive narrative studies: themes and variations. In: BERNAERTS, Lars; GEEST, Dirk de; HERMAN, Luc; VERVAECK, Bart (org). Stories and minds: cognitive approaches to literary narrative. Lincoln and London: University of Chicago Press, 2013, p. 1-19.

Disponível em: www.jstor.org/stable/j.ctt1ddr7zh.4

Último acesso em: 26 de Julho de 2020.

CORREIA, Carlos João. Sentimento de si e identidade pessoal. Lisboa: Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa, 2012.

DANNENBERG, Hilary P. Gerald Prince and the fascination of what doesn't happen. Narrative, Ohio, vol. 22, n. 3, October 2014, p. 304-311. Disponível em: www.jstor.org/stable/24615576

Último acesso em: 26 de Julho de 2020.

FLUDERNIK, Monica. Second person fiction: narrative "You" as addressee and/or protagonist. AAA: Arbeiten aus Anglistik und Amerikanistik, Tübingen, vol. 18, n. 2, 1993, p. 217-247.

Disponível em:www.jstor.org/stable/43023644

Último acesso em: 26 de Julho de 2020.

GUEDES, Maria Estela. Os mistérios de Agustina. Diário de Notícias, Lisboa, 1 jul. 1992. Livros, p. 4-5.

HEMEROTECA DIGITAL – CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA. Títulos. Disponível em: http://hemerotecadigital.cm-lisboa.pt/Indice/IndiceA.htm

Último acesso em: 26 de Julho de 2020.

HERMAN, David. Cognitive narratology. In: HÜHN, Peter; MEISTER, Jan Christoph; PIER, John; SCHMID, Wolf (eds).The living handbook of narratology. Hamburg: Interdisciplinary Center for Narratology – University of Hamburg, 2013.

Disponível em: http://lhn.sub.uni-hamburg.de/index.php/Cognitive_Narratology.html

Último acesso em:31 de Julho de 2020.

LODGE, David. A consciência e o romance. Alfragide: Edições Asa, 2009.

MÄKELÄ, Maria. Cycles of narrative necessity: suspect tellers and the textuality of fictional minds. In: BERNAERTS, Lars; GEEST, Dirk de; HERMAN, Luc; VERVAECK, Bart (org). Stories and minds: cognitive approaches to literary narrative. Lincoln and London: University of Chicago Press, 2013, p. 129-152. Disponível em: www.jstor.org/stable/j.ctt1ddr7zh.10

Último acesso em: 26 de Julho de 2020.

MARGOLIN, Uri. Character. In: HERMAN, David (ed.). The Cambridge companion to narrative. Cambridge: Cambridge University Press, 2007, p. 66-79. Disponível em: https://doi.org/10.1017/CCOL0521856965.005

Último acesso em: 26 de Julho de 2020.

MATEUS, Isabel Cristina. Gente melancolicamente louca ou a arte do conto de Teresa Veiga. Cintilações: revista de poesia, ensaio e crítica, Fafe, jun. 2019, p. 117-121.

Disponível em: http://repositorium.sdum.uminho.pt/bitstream/1822/64008/1/CINTILAC%cc%a7O%cc%83ES.PDF

Último acesso em: 26 de Julho de 2020.

PRINCE, Gerald. The disnarrated. Style, Pennsylvania, vol. 22, n. 1, Spring 1988, p. 1-8.

Disponível em: www.jstor.org/stable/42945681

Último acesso em: 26 de Julho de 2020.

SOARES, Marcelo Pacheco. O cânone e o contemporâneo em um conto fantástico de Teresa Veiga. Forma Breve: revista de literatura, Aveiro, n. 14, 2017, p. 271-287. Disponível em: : https://doi.org/10.34624/fb.v0i14.385

Último acesso em: 26 de Julho de 2020.

VALA, João Pedro. O genial jogo das escondidas de Teresa Veiga. Observador, Lisboa, 9 jan. 2017.

Disponível em: https://observador.pt/2017/02/09/o-genial-jogo-das-escondidas-de-teresa-veiga/

Último acesso em: 26 de Julho de 2020.

VAN GULICK, Robert. In: ZALTA, Edward N. (ed.). The Stanford Encyclopedia of Philosophy. Stanford: The Metaphysics Research Lab – Center for the Study of Language an Information – Stanford University, Spring 2018 edition.

Disponível em: https://plato.stanford.edu/archives/spr2018/entries/consciousness

Último acesso em: 26 de Julho de 2020.

VEIGA, Teresa. História da Bela Fria. Lisboa: Cotovia, 1992.

VEIGA, Teresa. Gente melancolicamente louca. Lisboa: Tinta-da-China, 2015.




DOI: https://doi.org/10.35520/metamorfoses.2020.v17n1a37421

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Metamorfoses - Revista de Estudos Literários Luso-Afro-Brasileiros


Licença Creative Commons
A Revista Metamorfoses utiliza uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.


Indexadores e bases bibliográficas:

Google Acadêmico EZBSudoc  Base DRJI WorldCat  Diadorim