A EPIGRAFIA JURÍDICA FLÁVIA E OS PROCEDIMENTOS DE INTEGRAÇÃO PROVINCIAL NA HISPANIA ROMANA

Autores

  • Airan dos Santos Borges Coordenadora da disciplina Seminário de Pesquisa e Ensino de História no curso de Licenciatura em História oferecido pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio) no Consórcio Cederj. Doutora em História pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

DOI:

https://doi.org/10.26770/phoinix.v22n5

Palavras-chave:

Império Romano, epigrafia jurídica, elites provinciais romanas, Hispania, integração provincial.

Resumo

A produção epigráfica é considerada por nós como um dos ícones mais expressivos do processo de introdução de novos hábitos sociais e políticos no novo contexto promovido pela criação e consolidação do Império Romano. Através dela é possível acessar inúmeras informações sobre variados grupos sociais. No tocante ao grupo dos cidadãos provinciais, especificamente as formas de identificação dos integrantes, as estratégias locais de promoção política, o percurso dos agentes na administração das cidades, as alianças políticas desenvolvidas e as formas de comunicação com a administração imperial configuram-se objetos de pesquisa significativos. Tendo em vista tais reflexões, no presente artigo coloca-se em relevo a contribuição das leges provinciales para o estudo dos procedimentos de integração provincial no contexto do Alto Império Romano. Para tanto, realizar-se-á um breve estudo de caso centrado nas legislações da época Flávia em civitates da Hispania.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Publicado

2020-07-24

Como Citar

BORGES, Airan dos Santos. A EPIGRAFIA JURÍDICA FLÁVIA E OS PROCEDIMENTOS DE INTEGRAÇÃO PROVINCIAL NA HISPANIA ROMANA. PHOÎNIX, [S. l.], v. 22, n. 2, p. 76–95, 2020. DOI: 10.26770/phoinix.v22n5. Disponível em: https://revistas.ufrj.br/index.php/phoinix/article/view/32993. Acesso em: 22 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos