A CRÍTICA À RIQUEZA EM EURÍPIDES: FORMAÇÃO DISCURSIVA E TRAGÉDIA

Autores

  • Renata Cardoso de Sousa Doutora em História Comparada pelo Programa de Pós-graduação em História Comparada da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGHC-UFRJ). https://orcid.org/0000-0002-0992-9671

DOI:

https://doi.org/10.26770/phoinix.v27n1a3

Palavras-chave:

Eurípides, riqueza, tragédia, alteridade-identidade, História Comparada.

Resumo

Objetivo, neste artigo, analisar tanto como Eurípides via a riqueza em suas tragédias quanto como a sua formação discursiva influenciou a sua visão sobre o tema. Para tal, utilizarei a metodologia da Análise do Discurso francesa e a de História Comparada do antropólogo Marcel Detienne, tendo como comparável a riqueza.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Publicado

2021-08-11

Como Citar

SOUSA, Renata Cardoso de. A CRÍTICA À RIQUEZA EM EURÍPIDES: FORMAÇÃO DISCURSIVA E TRAGÉDIA. PHOÎNIX, [S. l.], v. 27, n. 1, p. 52–66, 2021. DOI: 10.26770/phoinix.v27n1a3. Disponível em: https://revistas.ufrj.br/index.php/phoinix/article/view/45700. Acesso em: 19 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos