O EMBATE DISCURSIVO EM TORNO DA SABEDORIA NA PRIMEIRA CARTA DE PAULO AOS CORÍNTIOS A PARTIR DE UMA PERSPECTIVA FOUCAULTIANA

Alaína Garcia Margiotti, Alfredo dos Santos Oliva

Resumo


Este artigo propõe uma análise das estratégias discursivas de Paulo frente aos seus oponentes na Primeira Carta aos Coríntios, por meio das oposições antagônicas que o apóstolo fez da “sabedoria do mundo”, pautada no discurso racional, e da “sabedoria de Deus”, na mensagem redentora da cruz de Cristo. Com auxílio do método genealógico foucaultiano, pretendemos identificar as condições de verdade do discurso do autor, bem como do de seus opositores, a fim de compreender como o apóstolo, utilizando-se de sua autoridade, teria empreendido técnicas de ordenamento e exclusão das práticas discursivas com as quais se deparou na comunidade, separando o que considerou verdadeiro do falso.


Palavras-chave


Cristianismo Paulino; Corinto Romana; sabedoria; embate discursivo; autoridade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26770/phoinix.v27n1a8

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Alaína Garcia Margiotti, Alfredo dos Santos Oliva

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

INDEXADA POR

 
 
 
 
 
 

INSTITUCIONAL

Laboratório de História Antiga - Universidade Federal do Rio de Janeiro

Largo de São Francisco, nº 1, sala 211 A - Centro, Rio de Janeiro - RJ - CEP: 20051070 | Tel: +55 (21) 22210341, ramal 205 | www.lhia.historia.ufrj.br - laboratoriodehistoriaantiga@gmail.com