O QUE NOS ENSINA O PROTAGONISMO FEMININO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26770/phoinix.v29n2a4

Palavras-chave:

protagonismo feminino, Artemísia, Livro de Judite, Oriente e Ocidente

Resumo

artigo trata do protagonismo feminino e o que podemos aprender com ele. Começa por discutir o que entende por protagonismo e protagonismo feminino. Em seguida, volta-se para dois estudos de caso, ambos do Oriente. A primeira é uma figura histórica, Artemísia, governante em Halicarnasso, no século V. a.C., descrita pelo historiador Heródoto como uma poderosa e sábia aliada dos persas, ainda que fosse grega. Depois, o artigo torna a um personagem literário, Judite, tal como apresentada no livro do mesmo nome incluído no cânone católico e ortodoxo. Em ambos os casos, o protagonismo feminino estuda-se nos usos políticos do passado
e a Recepção. Conclui-se por enfatizar como o protagonismo feminino ao ser levado em conta pode ser liberador.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Publicado

2023-11-27

Como Citar

ABREU FUNARI, Pedro Paulo. O QUE NOS ENSINA O PROTAGONISMO FEMININO. PHOÎNIX, [S. l.], v. 29, n. 2, p. 75–87, 2023. DOI: 10.26770/phoinix.v29n2a4. Disponível em: https://revistas.ufrj.br/index.php/phoinix/article/view/61991. Acesso em: 26 fev. 2024.