Estudo da transferência de elementos químicos do fluxo para o metal fundido na soldagem a Arco Submerso

Alice Gonçalves Osorio, Kauê Britto Fernandes, Lucas Salomão, Eduardo Mumbach, Douglas Bezerra de Araújo, Daniel Souza

Resumo


A soldagem a arco submerso é um processo de fabricação bastante utilizado na indústria naval, a qual apresentou
um crescimento significativo nos últimos anos no país. Este trabalho apresenta um estudo detalhado
da interação química que ocorre entre o metal de base, o metal de adição e o fluxo de soldagem em um caso
específico de uniões soldadas, aplicado à indústria naval brasileira. Neste estudo foi observado que durante o
processo de soldagem os elementos, Mn e Ni indicaram uma migração do fluxo de soldagem para a poça
fundida, enquanto que o Si migrou da poça fundida para o fluxo. Já o carbono foi perdido para a atmosfera.
Os outros elementos constituintes do fluxo apresentaram reações entre si, sem envolver o metal fundido. A
partir da avaliação das microestruturas e das propriedades mecânicas verificou-se a presença das fases já esperadas
para o tipo de aço em estudo, no entanto, há um indicativo de aumento de precipitados na zona fundida,
que pode estar relacionado à migração dos elementos químicos do fluxo para a poça fundida. Ainda, se
observou que o procedimento de soldagem adotado para este trabalho alcançou todos os requisitos necessários
de comportamento mecânico para poder ser aplicado em serviço, na indústria de construção de plataformas,
conforme normas utilizadas na área.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.